aldrava-italia

Aldravas italianas

aldravas

Caminhando pelas ruas da Itália a gente percebe detalhes da arquitetura que chamam a atenção.  Já mostrei em outros posts as portas, sacadas e janelas.  Mas vocês já repararam nos batedores de portas que ornamentam e embelezam as construções?  Hoje vou falar das aldravas, que encontramos fixadas às portas e portões e que eram usadas como campainha antigamente.

aldravas

 

DSC_0947

aldrava

Sua origem é greco-romana e foi bastante utilizada até o século 20, quando surgiu a eletricidade e sua função caiu em desuso. As aldravas surgiram como objeto de praticidade, para que as pessoas pudessem anunciar a sua chegada, batendo-as contra a porta para fazer barulho.

aldravas

aldrava-florença

Associado ao uso prático,  ganhou status artístico e decorativo. Assim foram surgindo peças artísticas e elegantes, que passaram a adornar as portas de muitas cidades.

porta-firenze

Esta peça que é geralmente de bronze, ferro ou metal, aqui na Itália , de acordo com a região,  é chamada de battiportabattente , bussarello ou picchiotto.

 

aldrava-porta

aldrava

aldravas-italianas

Na época neo-clássica se difundiram os modelos em ferro fundido, com formas diversas, alguns inspirados no Antigo Egito,  representando esfinges, outras traziam animais, medusas,  flores , mãos e cabeças de mulheres.

aldraba

porta

Inicialmente consistia em formas mais simples mas com o passar do tempo transformou-se em objeto de arte

Mas desde tempos antigos, os batentes tinham não apenas a função de alarmar a chegada ou saída das pessoas ou de auxiliar a abrir portas pesadas.  Por motivos místicos e religiosos, eram atribuídas às aldravas o poder de afastar influências negativas e os espíritos malignos que pudessem prejudicar a casa e seus habitantes. Por este motivo a maior parte dos batedores traz uma expressão ameaçadora ou de animais ferozes.

batedor-de-porta

aldraba

E se você também admira a arquitetura italiana, aqui tem uma série de posts que podem te interessar: janelas da Toscana, portas italianas e janelas e sacadas da Emília Romanha.



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Aldravas italianas' have 7 comments

  1. 7 de julho de 2016 @ 18:13 Maria Glória D'Amico

    Denya, boa tarde!
    As aldravas me chamaram tanto a atenção, quando estive na Itália, que fotografei muitas. Achei belíssimas e não conhecia os nomes italianos e nem pelo nome de aldrava.
    Quando percebi algumas com carinhas bravas, eu logo lembrei das carrancas, que também são usadas para afastar energias negativas, além de peça decorativa.
    Gostei imenso de saber todos estes detalhes que você aqui, explicou. Sempre tudo muito bom, por aqui.
    Beijocas amore, TVB.

    Reply

    • 13 de julho de 2016 @ 22:47 Denya Pandolfi

      Ciao Maria Gloria, eu fotografo as aldravas por onde passo, adoro. Vc sempre tão gentil e super querida! Sou muito grata pela tua companhia e espero que um dia a gente consiga bater um papo regado a um vinhozinho local, TVB anch’io 🙂 Smack!

      Reply

  2. 14 de julho de 2016 @ 22:17 Maria Glória D'Amico

    Quem sabe Denya… eu gostaria muito! Vou conversar com o universo, para ele conspirar a nosso favor. Universo seu lindo ahahaha.
    Ciao bella!!!

    Reply

    • 17 de julho de 2016 @ 22:48 Denya Pandolfi

      Ele vai conspirar sim, acredite! Universo meu querido, tá percebendo a pressão? rs, rs, rs Beijoca cara! Denya

      Reply

  3. 29 de julho de 2016 @ 20:01 Thaís

    Olá Denya, gostaria de saber se encontro para comprar e trazer para o brasil.. Queria saber sobre feirinhas de artesanato tb… Beijo e obrigada pelas infos, seu blog é ótimo!

    Reply

    • 30 de julho de 2016 @ 18:01 Denya Pandolfi

      Ei Thais, Sim, vc encontra. Provalemnte na via Palazzuolo, em Firenze. Beijos, Denya

      Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.