arte-firenze

Arte de rua em Firenze

Basta um passeio pelas ruas do centro de Firenze para perceber a sua estreita relação com a arte. O berço do Renascimento inspira e encanta com as suas belezas e a paisagem ganha também um reforço com os diversos artistas que se espalham pelas ruas e esquinas

artista-de-rua

No post de hoje  mostro não apenas os  trabalhos de artistas que pintam telas e que desenham no chão mas também obras de artistas contemporâneos, de streetart, músicos e alguns clicks de cenas da cidade com atores que se apresentam como estátuas humanas próximos às principais atrações da cidade. E também simplesmente pessoas que buscam inspiração na arquitetura local para pintarem seus quadros.

artista-de-rua

Este distinto senhor se apresenta na via Della Vigna Nuova, pertinho das lojas mais luxuosas e prestigiosas de Firenze

Blub

Streetart – Um artista misterioso que com bom humor retrata personagens famosos usando máscara de mergulho e snorkel.  A autoria dos trabalhos é de Blub, que não se identifica e nem mesmo revela seu sexo. A ideia de entitular seus trabalhos como “A arte sabe nadar”  (L’arte sa nuotare)  é  justamente para transmitir a mensagem de que mesmo em dificuldade, com água até o pescoço, a arte resiste.

arte

Aqui os trabalhos de Clet Abraham, um pintor e escultor francês que vive em Firenze desde 1990 e é um dos mais famosos artistas de street art da Europa.
celi

Com obras principalmente na Itália, Clet já deixou registrado os seus traços em cidades como Nova York, Paris, Amsterdam e Madri, sempre respeitando e mantendo-os legíveis mas imprimindo simpatia e ironia

Realidade artística contemporânea – São de Clet os traços e interferências nas placas urbanas que vimos espalhadas por toda a cidade e que despertam a curiosidade de todos. Alguns de seus cartazes já soaram provocativos mas Clet se defende dizendo que somos cada vez mais bombardeados de sinais e que o espaço urbano nos envia uma quantidade de mensagens basilares e unilaterais: “mesmo que úteis, mas sem personalidade. Queria que a unilateralidade da menagem viesse substituído pelo conceito da reversibilidade: se acrescenta um novo significado à primeira, levando-a a outro nível de leitura”.

DSC_0041

Clet escolheu os cartazes para se expressar pois os sinais urbanos são a única forma de arte contemporânea que conseguiu se impor com prepotência no espaço público

 

A concept store  Mio  vende objetos únicos de artesanato e street art, esculturas e edições limitadas de artigos feitos a mão. As placas do artista Clet abraham fazem parte da seleta seleção de artistas.

Claro que muitas manifestações são abusivas e representam uma dor de cabeça para a cidade, que constantemente precisa pintar os muros para evitar uma poluição visual. Verdade é que muitos desenhos caem na simpatia das pessoas e se tornam alvo de flashs e admiração.

arte-de-rua

Aqui outro exemplo de manifestação abusiva que invadiu a cidade recentemente com as palavras “free”, “exit” e “lost”, sempre em preto e vermelho

Pop-art- Outro artista de origem francesa radicado em Firenze é Hopnn, que coloriu a rua Borgo Stella de branco, preto e vermelho com personagens da família Medici.

DSC_0277

Denominado Mebici, o trabalho faz alusão às bicicletas, que foram desenhadas no rosto e vestimentas dos personagens

 

E para finalizar, a fascinante Firenze com cenas do seu cotidiano :

pintura-no-chao

 

artista-de-rua

Os artistas que comercializam seus trabalhos pagam à prefeitura da cidade uma taxa anual para utilizo do solo público

musico artista-de-rua artista-de-rua teatro-de-ruaQue privilégio de quem pode colocar em prática os dotes artísticos em um cenário como este. E privilégio maior de quem pode presenciar cenas como estas! Firenze te proporciona tudo isso e muito mais…

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Arte de rua em Firenze' have 3 comments

  1. 23 de abril de 2014 @ 13:40 ItaliAna (@italianagrassi)

    Denya, que post lindo! E inspirador… Adorei!

    Reply

    • 23 de abril de 2014 @ 14:43 Denya Pandolfi

      Oi Ana, mt obgda. Registrei um pouco do que vejo pelas ruas da cidade… uma maravilha, concorda? Beijinho e obgada pela cia aqui com a gente, D

      Reply

  2. 30 de maio de 2016 @ 18:51 Grazie a te / 20 Atrações grátis em Firenze

    […] 19- Conferir streetart– A streetart em Firenze revela-se em todos os cantos da cidade. Os visitantes ficam fascinados por poderem conferir artistas que fazem os desenhos nas calçadas, pintores emergentes que  colorem os muros e os que se aventuram a retratar em telas a arquitetura e cenas da cidade. Para saber mais sobre a arte de rua na cidade clique aqui. […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.