igreja-san-miniato

A Basílica de San Miniato al Monte, em Firenze

A Basílica de San Miniato al Monte, que fica em um dos pontos mais altos de Firenze, está celebrando 10 séculos este ano. Sua construção começou em 1013, onde inicialmente existia um oratório, edificado por São Miniato. Participei do Millenium Sunset Concert,  uma das festas em comemoração ao milésimo aniversário da igreja.  Foi um final de dia mágico, com música, performance teatral e toda a beleza de uma cidade admirada do mirante.

san-miniato

O Millenium Sunset Concert aconteceu em 21 de junho, dia do solstício de verão

São Miniato

A Basílica de San Miniato  recebeu este nome em homenagem ao santo que foi o primeiro mártir de Firenze, provavelmente um príncipe armeno ou um mercante grego que deixou sua casa para fazer peregrinação a Roma.  Por volta do ano de 250 DC chegou a Firenze e tornou-se ermitão.  São Miniato sofreu perseguições anticristãs do imperador Décio e  recusou-se a fazer sacrifícios para deuses romanos. Segundo a lenda, ele  foi decapitado num anfiteatro nas redondezas de Piazza Beccaria mas pegou a sua própria cabeça, atravessou o rio Arno e retornou ao monte, onde foi construído um santuário e uma capela. Miniato teria sido sepultado ali com outros cristãos.

 

san-miniato

A igreja fica nos arredores do piazzale Michelangelo, em um dos pontos mais altos de Firenze e que nos proporciona uma esplêndida vista

San-miniato

 

A Basílica de São Miniato 

A igreja de San Miniato, que atualmente pertence aos monges Olivetanos, foi construída entre os séculos 11 e 13 e é uma obra-prima do estilo românico fiorentino.

 

san-miniato-al-monte

Sua fachada é em mármore verde e branco com mosaico na parte central, do século 12

 

A parte interna da igreja  é dividida em 3 naves, com uma central e duas laterais menores e o pavimento é em mármore e decorado na parte central com símbolos do zodíaco. A Basílica é rica de simbologia e sinais esotéricos, como a águia de bronze de asas abertas no topo da igreja, símbolos da Arte de Calimala, a cruz grega da fachada e a presença constante do número 5.

piso-san-miniato

san-miniato

A igreja está entre as estrutura românicas mais bonitas da Toscana

 

Na parte central da igreja fica a bonita Cappella Del Crocifisso, projetada por Michelozzo em 1448, por solicitação de Piero de Medici.  A decoração em terracota vetrificada de Lucca della Robbia e com obras atrás do altar de Agnolo Gaddi.

san-miniato

A Capela do Cruxifixo, projetada por Michelozzo em 1448

 

As paredes da igreja são afrescadas  com obras dos anos séculos 14 e 15 e com algumas pinturas que retratam episódios de São Benedito.

san-miniato

 

san-miniato

A Capela do Cardeal Jaime de Portugal

 

A Cappella del Cardinale ou de San Jacopo, atribuita à Antonio Manetti, construída entre 1461 e 1466. Jaime de Portugal era filho  do Infante D. Pedro, duque de Coimbra e morreu em Florença em  1459, aos 25 anos.  O forro da capela mortuária é de Lucca della Robbia em terracota vitrificada.

 

san-miniato

A cripta é a parte mais antiga da igreja, do século 11

 

san-miniato-igreja

 

Em 1200 foi construído o prédio em estilo ao lado da Basílica,  chamado Palazzo dei Vescovi, que depois virou convento.  A comunidade monástica é atualmente composta por 12 monges de diversas partes do mundo.

 

san-miniato

Na lojinha é possível adquirir produtos como velas, doces, licores, biscoitos, chocolates e chás, produzidos pelos monges

 

Na parte externa fica o cemitério monumental, conhecido como Porte Sante.  Ali estão enterrados personalidades famosas, como o produtor de filmes Cecchi Gori, o escritor Giovani Papini, o pintor Annigoni e Carlo Collodi, o criador de Pinóquio.

san-miniato-firenze

cimitero-san-miniato

 

Millenium Sunset Concert

As comemorações do milênio da Basílica começaram exatamente no dia 27 de abril, data em que há mil anos foi inaugurada a igreja. A programação é de um ano de celebrações,  com um evento a cada mês, até abril de 2019. Eu participei do Millenium Sunset Concert, na noite de 21 de junho, dia que marca o solstício de verão.  Assistimos ao pôr do sol numa tarde regada à muita música, dança e teatro, iniciativa beneficente  para realização de uma escultura que será doada à comunidade de San Miniato.

san-miniato

A apresentação contou com narração do ator Glauco Mauri, que através de alguns episódios retratou a história de Firenze e da Abadia. A musica seguiu o mesmo caminho e possibilitou aos espectadores da Idade Média até a comtemporneidade, com Orpheus Ensemble e a Orquestra la Filharmonie, dirigida pelo maestro Nima Keshavarzi, com performances teatrais do Medici Dynasty. A organização foi da Associação Passignano,  a quem agradeço imensamente. E para surpresa dos participantes, o encerramento foi uma espetacular queima de fogos sobre a cidade de Firenze. Que privilégio ter participado de um evento tão significativo e emocionante!

san-miniato

O show foi no pátio de San Miniato, com mil convidados, quando foram acesas mil velas assim que o sol se pôs

 

san-miniato

Os monges e o canto gregoriano

san-miniato-al-monte

Basílica de San Miniato al Monte

Via delle Porte Sante, 34. – Firenze  (entrada gratuita)

Horários de visitação: 

De segunda à sábado : 9.30 – 13 ; 15 às 19 h (19h30 no verão)

Domingo : 8:15 às 19 h (19h30 no verão)

Para as apresentações do canto gregoriano: De segunda a sábado,  às 7h e aos domingos  às 8:15 (entrada da via dele Porte Sante)

 

Adquira com antecedência o seu bilhete e não enfrente filas. Clique aqui para comprar o seu ingresso para as melhores atrações de Firenze.

 

Posts que podem interessar:

Qual o melhor período do ano para visitar a Itália?

Turistas pagam mais caro para consumir

Pratos típicos da Toscana

O conceito do slow travel

Agroturismo, uma forma simples e autêntica de hospedagem 

10 bate e voltas saindo de Florença

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'A Basílica de San Miniato al Monte, em Firenze' have 2 comments

  1. 24 de agosto de 2018 @ 21:55 Grazie a te / Na Toscana, a cidade de Vinci, do gênio Leonardo

    […] A Basílica de San Miniato al Monte  […]

    Reply

  2. 31 de agosto de 2018 @ 19:30 Grazie a te / Dicas sobre o que fazer 1 dia em Treviso, no Vêneto

    […] A Basílica de San Miniato al Monte  […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.