DSC_0564

Como é feito o azeite de oliva

A colheita de azeitonas aqui na Itália acontece entre o final de outubro e início de dezembro e é nessa época do ano que conseguimos obter um dos mais famosos e importantes produtos italianos, o azeite extravirgem de oliva, em condições otimais. A chegada do azeite é aguardada e muito festejada por aqui! Eu sempre quis participar e conhecer de perto o processo que envolve essa maravilhosa atividade e vocês não podem imaginar a minha alegria quando a Pruneti me contatou convidando para uma visita à empresa seguida de uma degustação de seus excelentes azeites, um dos mais conhecidos e bem conceituados do país.

DSC_0594

Percebendo a generosidade da natureza nessa região a impressão que temos é a de admirar um quadro!

A Pruneti fica em San Polo, no Chianti , num cenário de beleza ímpar. Nessa época do ano os vibrantes tons das folhas amarelas e vermelhas das parreiras que circundam o local contrastam com o verde das oliveiras. Um espetáculo aos nossos olhos!

Chianti

Panorama de tirar o fôlego. Nas colinas no Chianti a plantação de oliveiras da família Pruneti

Logo pela manhã seguimos para os campos na companhia de Emanuele, que explicou o processo manual da colheita. O primeiro passo é ajeitar as redes em volta da árvore. Depois disso, mãos a obra: a gente vai pegando os ramos cheios de fruto e puxando as azeitonas com o rastelinho.  É preciso ter muito cuidado para não pisar nos frutos que vão caindo no chão sobre as redes. Quando não conseguimos alcançar os ramos mais altos coloca-se uma escada.

DSC_0554

As lonas são colocadas aos pes das oliveiras, que só começam a dar frutos depois de 5 ou 10 anos

As azeitonas caem nas redes e são coletadas e colocadas nas cestas para depois seguirem para o frantoio. Para obterem um resultado de excelência,  em apenas 4 horas o processo de produção do azeite começa, buscando a mininazação da fermentação das azeitonas e baixa acidez. Quanto mais passa o tempo perdem-se substâncias importantes, como o aroma e o sabor.

azeite

Stop na colheita para degustação nos campos : que agradável surpresa!

colheita-azeitona

Parte do grupo que participou da visita à empresa

A plantação de oliveiras da família abrange uma área de 80 hectares. São 25 mil árvores cultivadas com método biológico, onde predominam 3 espécies: Leccino, Moraiolo e Frantoio. Inclusive a Pruneti produz azeite de  oliva monovarietal com esses 3 tipos. Aprendi que o melhor momento para colher o fruto é quando a azeitona  começa a mudar de cor, passando do verde para o roxo. Isso depende também do tipo de azeitona, pois algumas espécies  mesmo já maduras apresentam coloração esverdeada.

azeitona

O processo da produção de azeite é minucioso e para um resultado de excelência exige muita logística. Na Pruneti as azeitonas são processadas em no máximo 4 horas após a colheita

A empresa produz azeite há mais de 100 anos. A Pruneti processa azeitonas de outros produtores da região. Como todo o processo concentra-se em apenas 3 meses no ano este período é de trabalho árduo para todos os envolvidos.  As máquinas funcionam dia e noite, sem parar.

olio

As azeitonas são transportadas numa esteira para o inicio da separação das folhas e ramos e depois são lavadas com água corrente para depois serem moídas

A moagem consiste na trituração das azeitonas até apresentar uma forma oleosa (de cor marrom).  O próximo passo é coar a parte mais sólida. O chamado “decanter de 2 fases” realiza a extração do azeite da pasta cremosa, sem acrescentar água, fator importante que permite conservar melhor a parte fenólica do azeite. O azeite apenas extraído vem filtrado com um máquina que utiliza algodão ou papel absorvente que remove um resíduo (geralmente presente no fundo das garrafas) e que pode alterar as características do produto e prejudicar a conservação.

Depois que o líquido é filtrado o azeite é armazenado em recipiente vedado e pronto para ser comercializado. Para garantir a máxima qualidade e longa e correta conservação do produto, o engarrafamento acontece apenas depois de recebidas as encomendas.

azeite

O produto final! Vocês não podem imaginar o aroma no local, super convidativo!

Depois de termos conhecido todo o processo de fabricação do azeite de oliva fomos até o salão da empresa para participarmos de uma degustação com 3 tipos de azeite. A Pruneti atualmente é administrada pelos irmãos Paolo e Gionni, que modernizaram a empresa investindo em novas máquinas mas sempre com muito respeito às tradições.

azeite

Os irmãos Gionni e Paolo Pruneti, a 4 ª geração da família Pruneti. Eles nos receberam na sede da empresa e nos contaram sobre a paixão pela atividade, que atravessa gerações. “Foi o nonno que transmitiu o amor pela agricultura e o respeito pelas coisas simples”



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Como é feito o azeite de oliva' have 9 comments

  1. 23 de dezembro de 2015 @ 20:50 Maria Glória D'Amico

    Denya, auguri di natale cara!
    Adorei saber de todo o processo . Conheci uma olivicola em Mendoza, na Itália ainda não.
    Acho as oliveiras lindíssimas, muitas crescem para os lados e o tom de verde das folhas eu adoro.
    Um beijo e agradeço por tantas beleza e aprendizado partilhados.
    Beijo.

    Reply

    • 7 de janeiro de 2016 @ 10:09 Denya Pandolfi

      Minha linda,obgda. Podemos combinar de irmos juntas colher azeitonas aqui na Itália… já pensou que delicia de programa? Qdo vai aparecer por aqui? Bjs e tudo de bom! D

      Reply

  2. 31 de dezembro de 2015 @ 21:41 Maria Glória D'Amico

    Feliz ano novo Denya, 2016 com muitas realizações, saúde e felicidade para você e família.
    Bacione!

    Reply

    • 7 de janeiro de 2016 @ 10:05 Denya Pandolfi

      Você é mesmo uma querida Maria Gloria! Muito obrigada por estar sempre me apoiando e incentivando. Tenha um 2016 cheio de luz e boas surpresas! Tomara que a gente consiga se conhecer pessoalmente pra eu te dar um abraço bem apertado! Beijos pra vc e família, Denya

      Reply

  3. 1 de outubro de 2016 @ 13:15 Grazie a te / Pratos típicos da Toscana

    […] base de pão e azeite, pois a Toscana é uma rica região produtora de azeite de oliva (veja mais aqui) e isso faz toda a a diferença no preparo de inúmeras receitas.  A gastronomia local baseia-se […]

    Reply

  4. 28 de abril de 2017 @ 11:10 Grazie a te / Qual o melhor período do ano para visitar a Itália?

    […] de semana são dedicados ao tartufo branco. Entre final de outubro e inicio de dezembro acontece a colheita de azeitonas.  Venha ver como é esta tradição aqui da […]

    Reply

  5. 22 de maio de 2018 @ 05:14 Grazie a te / Pão toscano, presente em muitas receitas típicas da região

    […] Como é feito o azeite de oliva […]

    Reply

  6. 28 de julho de 2018 @ 19:16 Grazie a te / Uma festa tradicional dedicada ao peixe azul na Costa Etrusca, na Toscana

    […] Como é feito o azeite de oliva […]

    Reply

  7. 11 de outubro de 2018 @ 10:03 Grazie a te / A Basílica Santa Maria del Fiore, o Duomo de Firenze, é a 5ª maior igreja do mundo

    […] Como é feito o azeite de oliva […]

    Reply


Would you like reply to Maria Glória D'Amico

Your email address will not be published.