dsc_0894

Exposição de Weiwei em Firenze

Conhecido por seu espírito rebelde e provocador, o artista plástico contemporâneo Ai Weiwei está expondo em Firenze no histórico Palazzo Strozzi, até o dia 22 janeiro.  O artista, que está celebrando seus 30 anos de carreira, é uma das maiores expressões pela liberdade de expressão. Ele retrata em suas obras temas atuais e propõe aos visitantes um percurso entre instalações monumentais, esculturas, vídeos, fotografias e objetos que são símbolo de sua carreira.

artista-weiwei

O artista chinês é conhecido em todo o mundo pela luta pelos diretos humanos e liberdade de expressão

Weiwei, 57 anos, já levou sua arte aos maiores museus do mundo e traz para Firenze 60 delas, sendo algumas inéditas. Dentre suas obras expostas se alternam aquelas de significado artístico com outras de apelo político e social.

strozzi

Reframe- A fachada do Palazzo Strozzi ganhou 22 botes vermelhos de borracha para chamar a atenção para os refugiados

 

weiwei

No pátio do elegante Palazzo Strozzi, a obra Refraction

Conhecendo as obras de Weiwei

Aqui começa  o percurso expositivo. Com 950 bicicletas, a instalação Stacked mostra o meio de transporte muito comum utilizado na China. Ai weiwei quer chamar a atenção para  o problema do transporte e seu impacto para o ambiente.

wei-wei

Nesta instalação o artista utilizou 950 bicicletas

A obra abaixo chama-se Snake Bag. Em 2008 um terremoto em Sichuan fez 70 mil vítimas, dentre as quais milhares de estudantes, que morreram devido aos desabamentos das escolas que haviam sido feitas com material precário. A memória do drama é representada nesta obra, formada por 360 mochilas costuradas em forma de serpente.

snake-bag

A obra Snake Bag

 

Está vindo para Firenze e precisa de hospedagem? Então confira as dicas de hotéis em Firenze.

 

dsc_0885

weiwei

A foto do centro é o Palazzo Strozzi, onde o artista está expondo

Study of Perspective – São 40 fotografias que foram expostas em 2 salas onde o artista mostra o braço esquerdo com o dedo médio apontado para famosos monumentos mundiais, como a Casa Branca, Torre Eiffel  e o Coliseu. Sua intenção é chamar a atenção do espectador para que reflita sobre a própria visão sobre o governo, instituição e cultura.

ai-weiwei

Visitei a mostra em companhia da Juliana. Aqui ela aparece otografando para o seu perfil do Instagram @coisasdejuh

weiwei

Han Dynasty Vases with Auto Paint. Nesta sala a serie é constituída de 3 fotografias com os vasos pintados ao centro. A sequencia fotográfica mostra Weiwei soltando o vaso até que ele se rompa. Sua expressão é a mesma em todas as fotos

Renaissance – Criadas especialmente para esta exibição, algumas obras da sala Renaissance são retratos de personalidades toscanas como Dante Alighieri e Galileu Galileu, feitos em lego.

dsc_0888

dsc_0901

He Xie, 2011 (em porcelana) “He Xie” em chinês significa rio de caranguejo mas significa também harmonia, palavra predileta do regime que na linguagem da internet significa censura

weiwei

Souvenir de Shanghai, 2012

No andar subterrâneo, na sala Strozzina, a mostra continua com uma série de fotografias do período em que Weiwei viveu em Nova York, entre os anos 80 e 90, quando descobriu a arte de Andy Warhol e Marcel Duchamp.

weiwei

“Tudo é arte, tudo é política”

dsc_0906

weiwei

No elevador do Palazzo Strozzi uma foto de Weiwei quando foi preso. Ele passou 81 dias na prisão por criticar o governo chinês

Ai weiwei . Libero (Palazzo Strozzi, Firenze)

De 23 de setembro a 22 de janeiro

Horários: diariamente da 10 às 20 (quintas atè as 23 h)

Valor do ingresso: 12 euros (inteiro)

 

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Exposição de Weiwei em Firenze' have 2 comments

  1. 17 de dezembro de 2016 @ 18:25 Juliana

    Adoreiiiii o artigo! Um resumo detalhado e bem explícito da exposição. As fotos, excelentes! Parabéns!!!
    Foi um prazer visitar essa mostra com vc e obrigado pela foto.
    Bj grande.

    Reply

    • 21 de dezembro de 2016 @ 22:08 Denya Pandolfi

      Oi Juliana,
      Muito obrigada pelo recadinho! Ah, e grazie principalmente pela cia , foi muito bom ter visitado a exposição contigo. Bacione e a presto, Denya 🙂

      Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.