DSC_0778

Quanto se gasta por dia para visitar Firenze?

Muito difícil calcular com exatidão quanto se gasta por dia em uma viagem pois as despesas que cada um de nós tem depende de diversos fatores. Acredito que a alimentação e a categoria do hotel são determinantes para oscilar as despesas. Enquanto tem gente que não sai de casa para se hospedar em lugares que oferecem menos conforto que o próprio lar, outras optam por acomodações bem mais simples em busca de mais enriquecimento cultural e diversão e acham um barato – literalmente- passar uma temporada por aqui à base de panino e street-food. Que diga-se de passagem,  podem facilmente te surpreender pela qualidade!  A seguir vocês terão uma noção de quanto se gasta por dia em Firenze.  Eu faço um cálculo dos gastos médios diários de um visitante considerando hospedagem em hotel categoria 3 ou 4 estrelas,  com despesas em restaurantes de categoria turística e visita a um museu por dia.

Firenze

 

Firenze tem muita história, cultura, arte e belezas por todos os lados. É um museu a céu aberto! Já enumerei neste post 20 atrações grátis aqui na cidade.  Mas vamos ser sinceros: caso você venha passar mais do que 2 dias na cidade é uma pena não conhecer a Galleria degli Uffizi , por exemplo. Vou tentar te ajudar a programar melhor o seu passeio para que você curta a sua viagem da melhor forma possível, mas sem extravagâncias.

 

gastos-viagem

A Ponte Vecchio, uma das pontes que atravessam o rio Arno, e a única poupada dos bombardeiros alemães durante a II Guerra Mundial

 

Estimativa de quanto se gasta por dia em Firenze:

 

Hospedagem: Média de 60 euros por pessoa em categoria de hotel 3 estrelas e de 75 euros em categoria 4 estrelas (depende do período do ano),  em acomodação em apartamento duplo.

Atenção –Escolher hotel mais econômico distante do centro – que é onde geralmente ficam as principais atrações de interesse- pode resultar em despesas extras (com transporte) e perda de tempo para locomoção.  Reserve aqui o seu hotel na cidade.

Uma forma de economizar é se hospedar em apartamentos , veja este  aqui do blog, no Oltrarno.

 

Transporte: Um bilhete de ônibus da linha Ataf custa € 1,50. Você pode adquirir um bilhete com 4 corridas por 4,70. Programe-se antes e estude as distâncias dos locais que tem interesse em visitar pois talvez você possa percorrer os locais de maior interesse a pé. Se hospedados no centro,  turistas praticamente não usam transporte.  Talvez o Piazzale Michelangelo seja o local mais distante do miolinho da cidade mas mesmo assim muitos fazem o percurso a pé. Caso queira ir  de ônibus: saindo da estação ferroviária Santa Maria Novella você pode optar pelas  linhas 12, 13 e 23 A ou B. O percurso dura 30 minutos e a passagem custa euro 1,50 (e vale por 90 minutos depois de validado). Você adquire seu bilhete nos “tabacchi” e ao entrar no ônibus você mesmo deve timbrá-lo na máquina pois não existe cobrador.  Mas não pense em bancar o espertinho e não timbrar o bilhete pois existem fiscais que fazem vistoria. Saiba aqui sobre compra de bilhetes de ônibus em Firenze e confira também dicas úteis para quem visita a cidade.

Do aeroporto até o centro de táxi: de 20 a 25 euros (cobram 1 euro por cada mala)

Da estação: se o hotel ficar nas proximidades do Arno (Lungarno) você vai gastar de 10 a 20 euros de taxi. Se ficar perto da Piazza della Repubblica você pode tranquilamente fazer a pé caso não tenha muitas malas.

 

gastos-viagem

Empesa Ataf – O bilhete de ônibus custa euro 1,50 e é válido por 90 minutos depois de ser timbrado

 

Alimentação

Café-da-manhã: Vai depender se a hospedagem inclui o café-da-manhã, ou seja, a colazione. Muitos italianos escolhem o bar para o desjejum e comem em pé, no balcão,  e te sugiro fazer o mesmo. O café-da-manhã no bar geralmente custa 2,50 euros (o cappuccino custa de 1,10 a 1,40). As pastas, ou brioche, custam 1 euro. Duplique ou triplique o valor caso você queira se sentar. Explico tudo aqui sobre os cafés.

gastos Firenze

Comer na Italia às vezes custa menos que no Brasil. Sério, gente! Fico admirada com a qualidade excelente mesmo nos locais mais simples. Em Firenze quase todos os restaurantes são trattorias, que são locais bem informais.  Relacionei alguns locais que gosto neste post.

Almoço: O almoço é bem mais em conta do que o jantar. Considere que nas trattorias o valor de um primo é de 7 euros. E se optar pelo prato do dia você vai pagar em média 10 euros por um primo (que pode ser um prato de massa, sopa ou risotto) e ainda receber o vinho, água e café. Confira o menu que geralmente deixam exposto nas lousas do lado de fora dos estabelecimentos. Escolhendo um primo, secondo (carne) vinho e água esse valor pode subir para 13 euros. Já nos restaurantes um pouquinho mais elegantes esse valor pode oscilar entre 20 e 30 euros se você escolher entrada com primo, água e vinho.  É  muito comum por aqui substituir o almoço por um panino – que são deliciosos!!! Nesse caso você economiza consideravelmente, pois um panino custa em média 3 euros. Aqui neste post tem uma relação de onde saborear um excelente panino em Firenze.

Jantar: Numa trattoria gasta-se em média 17 euros para jantar (escolhendo uma entradinha com um primo, água e vinho). E se a sua intenção é um restaurante mais especial regado a um bom vinho,  reserve 80 euros por pessoa.  As sobremesas custam entre 3 (porção de frutas) e 7 euros.

Opções mais econômicas são as pizzarias . A pizza margherita custa entre 5 e 8 euros. Aqui as minhas pizzarias prediletas na cidade.

E para os que não fazem questão de jantar uma pedida super interessante – para quem busca também locais mais badaladinhos e da moda – é o “apericena” , que seria um aperitivo com jantar (em italiano, cena), que acontece lá pelas 19h, 19h30. Desembolsando cerca de 10 euros você escolhe uma bebida e pode se servir à vontade no buffet. Alguns locais capricham tanto nas comidinhas que você pode tranquilamanete substituir o jantar pelos petiscos oferecidos. Já listei alguns locais bacanas na cidade, confira aqui.

E já que estamos em Firenze, não deixe de experimentar um deliciosos sorvete, que custa euro 1,50. E para tomar “aquele” gelato, aqui estão as minhas sorveterias prediletas.

 

presunto-italiano

 

Atrações turísticas:

Museu Uffizi – 20 euros  (para quem compra o bilhete na hora). Adicional de € 4 por pessoa para quem quer reservar e evitar filas

Accademia – 12,50

Palazzo Pitti – 16,00

Museu Bargello – 4,00

Giardino dei Boboli, 10,00

Museu dell’Opera del Duomo – 15, 00 (entrada  para o Batistério de  San Giovanni, Torre de Arnolfo e Cúpula do Duomo)

  • Os valores podem variar de acordo com a época do ano, dia da semana e número de pessoas (para grupos é mais econômico)

Existe o  Firenze Card que é um passe que custa 82 euros com validade de 72 horas que te permite entrar em todos os museus e atrações participantes do circuito, que são 72 no total. Você vai poder visitar mostras permanentes e temporárias com entrada prioritária . Dentre os museus estão: Museo do Palazzo Vecchio, Museu Bardini,  museu Stibbert, Santa Maria Novella, Galleria deli Uffizi, Galleria dell’Accademia, Giardino di Boboli dentre outros tantos locais. Para informações em português, veja no banner do blog.

DSC_0131

Atração que recomendo: o Palazzo Pitti. Este é entre os maiores exemplos arquitetônicos de Firenze, desenhado por Brunelleschi e originalmente construído pela família Pitti. Em 1549 foi adquirido pela família Medici, que residiu no local por séculos. Atualmente abriga galerias de arte e aos fundos o Jardim de Boboli

 

quanto-se-gasta-firenze

A Catedral Santa Maria del Fiore, um dos símbolos de Firenze. A entrada é gratis mas existe bilhete para quem quiser visitar a cúpula

 

DSC_0152

Imperdível: A Galleria degli Uffizi, um dos maiores acervos de arte gótica e renascentista da Itália

 

gastos-viagem

O bilhete de ônibus custa euro 1,50 e é válido por 90 minutos depois de ser timbrado

Pelas minhas contas, a média de gastos em Firenze caso você almoce e jante em trattorias é de 60 a 90 euros por dia, excluindo as despesas com hospedagem.

Taxas de turismo –  Desde 2011 foi adotada (e em 2018 reajustada) a tassa di soggiorno em Firenze, que é o valor  pago por pessoa e por cada dia de estadia na cidade. As tarifas são calculadas de acordo com a categoria da estrutura onde o turista se hospeda (máximo de €5,00 para hotéis 5 estrelas e € 2,00  para albergues).  A taxa é  calculada por pessoa, por noite, até  no máximo 7 noites consecutivas. Menores de 12 anos são isentos.

Importante: Adpate a viagem ao seu orçamento, tenha conhecimento do lugar (antes de viajar busque informações sobre as atrações que pretende visitar) e planeje com certa antecedência. Isso com certeza vai resultar em economia. E buon viaggio!

 

Post atualizado em abril de 2018

 

Adquira o seu ingresso para as principais atrações de Firenze. Clique aqui. 

 

Posts que podem interessar:

O que visitar em 2 dias em Firenze

10 bate e voltas saindo de Firenze

7 rooftops de Firenze

Pitigliano, na Maremma Toscana

San Galgano

Pratos típicos da Toscana

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Quanto se gasta por dia para visitar Firenze?' have 21 comments

  1. 29 de fevereiro de 2016 @ 14:54 Tati

    Eu sempre estimo um gasto de 100 euros por dia na Europa, acho que dá numa boa, né? Gosto de ir aos restaurantes locais, para mim aí está a verdadeira comida da região. Não curto muito restaurantes sofisticados. Na Itália, realmente, qualquer lugar tem uma comida maravilhosa!

    Reply

    • 1 de março de 2016 @ 09:44 Denya Pandolfi

      Oi Tati, sempre bom mesmo levar um pouquinho mais. Conversei com algumas pessoas que estiveram aqui nos últimos meses e elas me falaram que gastaram uma média de 80 euros sem precisar economizar. Como vc mesma disse, a comida é maravilhosa! Essa é uma das vantagens da Itália: você come bem gastando pouco. 😉 Abraço e tudo de bom, Denya

      Reply

  2. 3 de março de 2016 @ 13:34 Alessandra martins

    Oi denya
    Sei que a Itália está passando por um período difícil economicamente….
    Gostaria de estudar e passar um tempo em Firenze ou nas proximidades….Vc acha que existe alguma possibilidade de conseguir algum trabalho como brasileira sem descendência italiana?

    Reply

    • 4 de março de 2016 @ 11:28 Denya Pandolfi

      Oi Alessandra, é muito difícil te ajudar em relação ao mercado de trabalho, pois depende do que você gostaria de fazer. Existem sites de agências de emprego com as ofertas, que obviamente mudam diariamente. Sonde um pouco pra saber os cargos mais procurados no momento que vc quer viajar. Contate-os por email pois eles te passam todas as informações necessárias. Abraços e boa sorte! Denya

      Reply

      • 7 de março de 2016 @ 13:17 Marcio

        Olá Denya. Minha pergunta não tem muito haver com o quanto se gasta por dia em Firenze. Mas é que estarei pela região da Toscana de carro alugado partindo de Roma em 24/03. Vou rodar com minha esposa por Montalcino, Siena, Chianti, Luca, Pisa e a intenção é chegar em Florença no domingo 27/03 e entregar o carro na Hertz. Ficar em Florença o dia 28/03 inteiro e partir de trem para Veneza no dia 29/03. Minha dúvida é nos dias 27 e 28 (Páscoa né), tudo para em Florença. Será que filial da locadora estará aberta para receber o carro de volta no domingo 27 e as atrações que precisem de ticket funcionarão na segunda 28?
        Muito obrigado por sua atenção.

        Reply

        • 7 de março de 2016 @ 17:57 Denya Pandolfi

          Oi Marcio, contate a Hertz e combine certinho sobre a devolução do carro (talvez eles te pedirão para devolver na aeroporto). E em Firenze quase nada funciona. E preste atenção pois aqui tem a Pasquetta, segunda após o domingo de Páscoa que também é feriado. Bom passeio! Denya

          Reply

          • 7 de março de 2016 @ 18:42 Marcio

            Denya, muito obrigado pela resposta. Já que estarei de carro tem alguma sugestão do que fazer nesses dias, domingo e segunda?

  3. 29 de março de 2016 @ 17:59 Priscila

    Oi Denya!

    De verdade estou anotando várias dicas que você dá por aqui…vou pegar o endereço de todos os restaurantes que vc citou e colocar no telefone, na hora da fome vai ser só ver o que está mais perto rsrs

    Só fiquei na dúvida de uma coisa…o preço das entradas das atrações…por exemplo o Uffizi, quando entro no site o valor é de 20,5…este valor que vc passou é de alguma promoção?

    Desde já obrigada por compartilhar seus conecimentos!

    Reply

    • 29 de março de 2016 @ 22:47 Denya Pandolfi

      Oi Priscila, td bem? Que bom saber que o blog tem sido útil para suas pesquisas. Veja no site Museuns Florence que vc pode conseguir com desconto (depende da época) mas considere que este não é salte a fila, ok? É o ingresso normal. Precisando de qq coisa pode escrever 😉 Beijoca e boa sorte! Denya

      Reply

      • 29 de março de 2016 @ 23:11 Priscila

        Denya, obrigada pela atenção!

        Como temos apenas 2 dias e meio vamos ter de pagar o mais caro pra não perder tempo em filas, o bom é que cada centavo vale a pena!

        Beijos

        Reply

  4. 17 de abril de 2016 @ 17:30 Grazie a te / Hotéis em Firenze

    […] ajudar a calcular os gastos diários aqui em Firenze preparei este post . Sugiro a leitura pois contém muitas considerações e sugestões úteis para a sua […]

    Reply

  5. 19 de abril de 2016 @ 19:11 Tânia

    Oi, Denya, estou amando seu blog. Adoro suas dicas e estou anotando tudo.
    Estou indo para Florença em Maio e vou me hospedar na região de San Marcos/Santissima Annunziata. É muito distante do centro? Vou chegar a noite de trem. Tem algum perigo para mulher sozinha, a noite com mala? rss
    Obrigada.

    Reply

    • 21 de abril de 2016 @ 18:25 Denya Pandolfi

      Olá Tânia, A região de San Marco é meio deserta de madrugada. Caso seu trem chegue até umas 22, 23h, tranquilo, você vai gastar uns 10 minutos a pé para fazer o percurso e vai passar por locais bem movimentados. Basta ter atenção ;). Boa sorte e excelente passeio! Abbraccio, Denya

      Reply

  6. 21 de março de 2018 @ 15:56 Grazie a te / Um mini-guia com melhores endereços para compras em Firenze

    […] Gastos de viagem – Quanto se gasta por dia para visitar Firenze […]

    Reply

  7. 21 de abril de 2018 @ 16:57 Grazie a te / Villa Bardini, espetacular vista de toda a cidade de Firenze

    […] em Firenze 10 motivos para visitar a Toscana  Quanto se gasta por dia para visitar Firenze Um passeio por Borgo Ognissanti, em Firenze Um passeio por Siena  Hospedagem em apartamento em […]

    Reply

  8. 10 de maio de 2018 @ 12:19 Grazie a te / Tem curiosidade de saber por que os italianos não engordam?

    […] Quanto se gasta por dia para visitar Firenze […]

    Reply

  9. 10 de maio de 2018 @ 15:16 Grazie a te / Passeio por Firenze e arredores a bordo do Fiat 500 vintage

    […] Quanto se gasta por dia para visitar Firenze? […]

    Reply

  10. 13 de maio de 2018 @ 20:00 Grazie a te / Aperitivo: você paga um drink e se serve no buffet

    […] Quanto se gasta por dia para visitar Firenze […]

    Reply

  11. 31 de agosto de 2018 @ 19:36 Grazie a te / A estação Santa Maria Novella (SMN), a principal de Firenze

    […] Quanto se gasta por dia para visitar Firenze? […]

    Reply

  12. 11 de setembro de 2018 @ 19:57 Grazie a te / Ingressos sem fila e com desconto para atrações em Firenze

    […] Quanto se gasta por dia para visitar Firenze […]

    Reply

  13. 13 de setembro de 2018 @ 22:35 Grazie a te / Endereços de onde encontrar os maiores clássicos da cozinha toscana

    […] Quanto se gasta por dia para visitar Firenze […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.