mugello

A região do Mugello, perto de Firenze

Atualizado em 21/05/2017

Ao norte de Firenze, a poucos quilômetros da capital toscana,  fica a região do Mugello, terra natal da poderosa família Medici, os mecenas de Florença

Belezas naturais – constituída de vales, ciprestes e verdes colinas –  tranquilidade, hospitalidade, tradições artesanais e excelente cozinha  fazem do Mugello uma das metas que a gente aconselha visitar aqui na Toscana, principalmente se estiver baseado em Firenze e estiver em busca de  lugares mais tranquilos.  Dependendo da cidade que quiser visitar, o percurso de carro pode durar de meia até quase 2,  caso tenha interesse de visitar o Alto Mugello, divisa com a Emília Romanha.  Na região você poderá também admirar os maravilhosos casarões e castelos construídos pela família Medici, que é originária deste território. Os principais burgos que constituem a região são os seguintes:  Barberino, San Piero, Borgo San Lorenzo, Dicomano, Vicchio, Scarperia,  Vaglia e Marradi.

mugello

 

mugello

Fui convidada para um blog day no esplêndido Villa Campestri Oil Resort, que fica em Vicchio. Encrustado numa colina e cercado de uma área verde deslumbrante, o local propicia uma vista incrível da Toscana.  Vou compartilhar algumas atividades do nosso dia e aproveitar para mostrar também outras localidades do Mugello.

unnamed

Quem nos recebeu com toda atenção foram os proprietários, o senhor Paolo Pasquali e suas filhas Gemma e Viola. Na foto as participantes do blog day Amy , Valentina, Ilaria, Georgette, Coral e Nardia, com o senhor Paolo

A proposta do Villa Campestri é oferecer aos visitantes a possibilidade de vivenciar momentos únicos em contato com a natureza. Já imaginou plantar uma oliveira com os pés tocando a terra, por exemplo? Ou caminhar à beira do lago, fazer yoga sob as frondosas árvores, aulas de pintura ao aberto, massagem ao ar livre no bosque de bambu, conhecer de perto o processo da extração e processamento do mel ou degustar produtos típicos sob a luz do luar… todas essas inesquecíveis atividades são oferecidas pelo resort.

Mugello

Iniciamos nosso passeio com uma caminhada pela propriedade, em meio às 2500 oliveiras que a família possui. Uma delicia de tour, em meio à natureza para apreciar as cores e aromas da Toscana.  Dali fomos conduzidas à uma elegante sala onde participamos da degustação de azeites de oliva extra-virgem.  Gemma nos explicou, de forma apaixonada e muito envolvente, algumas características dos azeites, o processo de cultivo, colheita e produção. Antes do nosso almoço no terraço do casarão renascentista, fizemos um aperitivo nos jardins do resort para brindar o dia perfeito de sol com céu azul e temperatura amena. E como se não bastasse, nos despedimos desse pedacinho de paraíso com uma relaxante massagem de azeite de oliva.

Mugello

A família Pasquali, apaixonada e dedicada ao território, hospedou algumas bloggers que conheceram e vivenciaram uma magnífica experiência em suas estruturas. No Resort funciona uma oleoteca. Gemma nos recebeu para explicar sobre as características e excelência dos produtos. A programação incluiu aula de pintura com uma artista local. Experiência fantástica em ótimas companhias!

Mugello 3

Um dia que vai deixar saudades! Nosso almoço aconteceu no terraço do resort Villa Campestri. Para fechar com chave de ouro: tiramisù com direito à esta vista cinematográfica

 

Agora mostro um pouco da região do Mugello pra vocês. Tenho certeza que irão se encantar.
unnamed-4

O Mugello, esta pequena área constituída de diversas localidades é a opção ideal para quem busca contato com a natureza e tranquilidade nos arredores de Firenze (foto gentilmente cedida por Valentina Dainelli)

 

mugello

O autódromo de Mugello que sedia importantes eventos, inclusive Mundiais de moto GP. Fica no burgo de Scarperia, a 32 Km de Firenze. Foi construído em 1972 e desde 1988 pertence à Ferrari

 

Mugello

A beleza singela da região do Mugello

 

scapperai

As famosas facas que são produzidas em Scarperia

Circundado de muros e torres, Scarperia (cidade aos pés dos Apeninos), apresenta um dos centros históricos mais interessantes do Mugello. A cidade  é famosa pela fabricação de facas,  uma tradição de mais de 5 séculos. Possui um dos mais interessantes centros históricos da região o Palazzo dei Vicari é uma das construções mais importantes do burgo. É aberto para visitação e fica na pracinha principal .

Scarperia

O Palazzo dei Vicari, em Scarperia

 

scarperia

Cantinhos de charme de Scarperia

O Museu de Leprino

Mugello 2

O senhor Leprino no museu criado por ele, que reproduziu a cidade em miniatura com personalidades da localidade. Impressionante a perfeição de sua obra

 

Arte, magia, beleza e fantasia – A poucos minutos de Scarperia a gente pode visitar o museu do Leprino. Faliero Lepri, que era conhecido como Leprino,  faleceu em 2016 aos 95 anos e era personalidade famosa na Toscana graças ao museu que construiu. Ele reproduziu bonecos com os mínimos detalhes,  que  são na verdade os cidadãos da cidade em miniatura, com cerca de 70 cm de altura, e que graças a um mecanismo implantado pelo próprio, ganharam movimento. Todos os personagens estão ligados por um fio elétrico e se mexem contemporaneamente.
Para visitar o museu de Leprino não há cobrança de ingresso. Cada visitante faz uma doação no valor que quiser. O Museu fica no centro polivalente de Santa Ágata artigiana e Contadina.  Para visitar o local, aberto das 15.30 às 18 horas, é preciso agendar através do telefone 05584406750.
Mugello

No museu estão representados personalidades da cidade, como o barbeiro , o carteiro, o maquinista, além obviamente de toda a sua família

 

unnamed-002

A cozinha mugellana é genuína e de qualidade. A bistecca fiorentina que preparam por aqui é espetacular! Esta aqui é do restaurante Rústico, em Scarperia

 

Mugello 8

No retorno para Firenze sugiro uma parada no Convento de Montesenário, na localidade de Vaglia. Foi construído em 1234… Essas fotos foram feitas em janeiro… reparem a neve pelas escadarias

 

pratolino

O Parco di Pratolino, em Vaglia

O Parco di Pratolino, em Vaglia, é um dos maiores e mais bonitos da Toscana . Desde 2013 foi reconhecido como patrimônio da Humanidade pela Unesco. O parque passou a ser chamado de Villa Demidoff desde que a família de origem russa o adquiriu em 1872. O parque é muito bem cuidado, tem uma vasta área verde para jogos e caminhadas. Fazer um piquenique no local é uma experiência deliciosa . O parque tornou-se um local público em 1981 e o ingresso é gratuito. Caso esteja em Firenze e queira visitar o parque é possível ir de ônibus da linha Ataf (número 25 a) que sai da piazza San Marco.

Nos anos 90 o Mugello ganhou o Lago Di Bilancino, um lago artificial na região de Barberino, muito procurado por quem curte esportes aquáticos. E fica também em Barberino o famoso outlet homônimo,  um dos destinos para quem busca roupas de marca a preços mais em conta.

unnamed-1

O Lago de Bilancino, em Barberino di Mugello, pelas lentes da minha amiga Valentina Dainelli, do blog Too Much Tuscany

Alto Mugello

Toda a região do Mugello atrai apaixonados por esportes como ciclismo e motociclismo. E no Alto Mugello o trekking vem ganhando destaque. Visitei Marradi, a última cidade do Mugello,  nos Apeninos, entre a Toscana e a Emília Romanha, cidade banhada pelo rio Lamone que com cerca de 3.500 habitantes. Participei de um caprichado brunch no Palazzo Torriani, do século 16, que foi totalmente restaurado e que conta com 6 elegantes e históricas acomodações.  Eu e minha família fomos recebidos pela senhora Anna Maria, herdeira do palácio.

palazzo-torriani

Variedade de queijos e geleias no maravilhoso brunch no Palazzo Torriani. Tudo preparado pelas amáveis anfitriãs Anna Maria e sua filha Maria Emilia

Tudo delicioso e preparado com muito carinho! No local acontecem cursos de cozinha e alguns são realizados em apenas 1 dia.

pizza

Pizza de dar água na boca!

 

marradi

Suntuoso: o Palazzo Torriani tem mais de 500 anos de história. Para quem quer fugir de lugares muito turísticos: natureza, cultura e gastronomia

Fiz o passeio até Marradi de carro (saindo do burgo de Conta, o percurso até lá é de mais de  30 Kms de curvas) . Mas  é possível chegar a Marradi de trem. De Firenze o percurso dura cerca de 40 minutos.  Em Borgo San Lorenzo e San Piero também contam com estações ferroviárias.

Para quem busca mais detalhes e informações sobre o Mugello pode clicar aqui.

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'A região do Mugello, perto de Firenze' have 1 comment

  1. 10 de maio de 2016 @ 11:52 Grazie a te / Onde encontrar girassóis na Toscana

    […] Mugello – ano passado me surpreendi com muitas plantações perto da localidade de Borgo San Lorenzo […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.