Medici-Riccardi

Palazzo Medici Riccardi, primeira residência da família Medici em Firenze

Riqueza do patrimônio arquitetônico, histórico e artístico de Firenze, o Palazzo Medici Riccardi foi a primeira residência da poderosa família Medici. Concluído em 1460, é um dos mais notáveis modelos de arquitetura Renascentista em Firenze.  Foi projetado por Michelozzo em 1444, sob encomenda de Cosimo Il Vecchio. No ano de 1517  passou pelas primeiras alterações estruturais. Atualmente, além de ser sede da Città Metropolitana,  abriga exposições de arte temporárias e funciona como museu, que oferece aos visitantes a oportunidade de um retorno ao passado de ao menos quatro séculos. Para os amantes da história, arte, arquitetura e colecionismo, um programa imperdível para quem visita Florença. No complexo onde fica o prédio você também pode visitar o lindo jardim do palácio.

palazzo-medici-riccardi

Um dos maiores exemplos de arquitetura renascentista na cidade. O prédio fica na via Cavour, antiga via Larga, numa área da cidade conhecida como Quartiere Mediceo, próximo às igrejas protegidas da família, San Lorenzo e San Marco, e também do Duomo

palazzo-medici-riccardi

 

História do Palazzo Medici Riccardi – Cosimo de’ Medici havia pensado em Brunelleschi para realizar o projeto, mas temeu um resultado muito suntuoso e que poderia causar inveja. E ele não queria arriscar, já que 10 anos antes havia sido encarcerado no Palazzo Vecchio acusado de tirania pelos adversários políticos. A obra foi solicitada à  Michelozzo, que era um artista mais discreto e realizou o palácio em forma cúbica, com aspecto imponente, mas sóbrio. O prédio foi construído em 10 anos.
Em 1494 a família Medici foi expulsa da cidade e os seus bens são confiscados. Apenas em 1512, com a influência do Papa Leone X,  filho de Lorenzo Il Magnifico, a família Medici retorna à Firenze e se reapropria do prédio. Em 1540  Cosimo I decide transferir-se ao Palazzo della Signoria, ou Palazzo Vecchio. O palácio da via Cavour tornou-se residência de outros integrantes de menor relevância, até que em 1659 Ferdinando II o vende ao marquês Riccardi, que realizou várias ampliações e reestruturações. O rápido declínio econômico da família Riccardi os obriga a ceder o palácio ao governo. Em 1814 o paleio tornou-se propriedade da família real Lorena, sendo designado para escritórios administrativos.  Na época em que Firenze foi capital da Itália foi sede do Ministério do Interior  e em 1874 foi adquirido pela província de Firenze (atualmente Città Metropolitana).
medici-riccardi

Entrada pela via dei Ginori, com o jardim

 

Apresento os ambientes dos 2 andares do palácio, começando pelo pátio central, acessível a visitantes sem a necessidade de aquisição de ingresso. A minha visita ao Palazzo Medici Riccardi foi em companhia do grupo @tuscanybluggers e tivemos como cicerone Eugenio Giani, Presidente do Conselho Regional da Toscana.

 

Il Cortile di Michelozzo (1444-1452) – O elegante pátio central,  realizado por Michelozzo, abriga a obra Orfeo, de Baccio Bandinelli.

medici
medici-riccardi
Os jardins – Protegido por muros medievais, o palácio Medici Riccardi havia já desde o século 15 o espetacular jardim, elemento essencial da  da vida privada das famílias. O jardim, com caminho central ornamentado por estatuas e vasos de frutas cítricas,  foi restaurado no início do século 20.

giardino-mediceo

medici-riccardi

 

Cappella dei Magi –  A Cappella dei Magi fica no primeiro andar do palácio. Era a pequena capela particular da família.  A capela é o único ambiente realizado na época em  que os Médici habitavam no Palácio.

medici-ricordi

Os afrescos de Benozzo Gozzoli foram realizados no ano de 1459 e  representam a Cavalgada dos Reis Magos e  era uma alusão ao cortejo de 1439 em ocasião do Concílio de Florença. Esta obra de Benozzo Gozzoli, de 1459,  é um dos maiores tesouros do Renascimento desse período.

Medici

Cortejo guiado por Lorenzo

Nos afrescos são reconhecíeis muitos protagonistas da época e personalidades da família Medici. Os afrescos ocupam 3 paredes da capela. No vao principal cortejo a cavalo com Cosimo, seu filho Piero e os netos Giuliano e Lorenzo, o jovem a cavalo que conduz o cortejo reconhecemos a importante figura de Lorenzo, reconhecido como Il Magnifico. Devido à pequena dimensão da capela, apenas 15 visitantes podem entrar de cada vez.

medici-riccardi

Eugenio Giani explicando sobre os afrescos da Cappella dei Magi

 

Galleria Luca Giordano – É um salão com afrescos realizados por Luca Gioradano entre 1682 e 1685. Os trabalhos foram encomendados por Francesco Riccardi, e é um dos mais significativos trabalhos realizados pelo artista napolitano, conhecido como Luca fa Presto, devido à rapidez com que pintava. Este é um dos poucos exemplos de obra barroca em Firenze.

luca-giordano
luca-giordano
Tuscany-bloggers

O grupo Tuscany Bloggers: Marcela, Denya, Massimo, Barbara, Gloria, Erika, Marco, Ksenia, Sandra, Eugenio Giani, Sara, Gili, Leonardo e Veronica

O Salão de Carlo VIII – decorado em estilo barroco, é do periodo em que a família Riccardi  com pinturas de 600 e 700. O quarto é reservado ao Presidente da Republica quando em visita à Firenze.

Medici-riccardi

O Salão de Carlo VIII, em estilo barroco

 

medici-riccardi

O quarto presidencial, outro ambiente do andar nobre

 

Medici-Riccardi

medici-riccardi

madonna-con-bambino

La Madonna col Bambino , de Filippo Lippi, 1466 – 1469 . Esta é uma reprodução, a original não estava exposta no palácio pois participa de uma mostra no exterior. Em breve retornará ao seu local de exposição

 

medici-ricardi

 

O complexo abriga também o Museo dei Marmi, inaugurado em 2005, com 22 obras.

 

Palazzo Medici Riccardi

Via Cavour, 3

Firenze

Bilhete: 7 euros e reduzido 4 euros

O Palácio abriga mostras temporárias
Horários:
Das 9 às 19 horas (fechado às quartas)
A Associação  Mus.e Firenze propõe uma série de visitas guiadas, atividades e laboratórios dedicados à jovens adultos e famílias.Clique aqui para saber mais a respeito.


About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Palazzo Medici Riccardi, primeira residência da família Medici em Firenze' have 1 comment


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.