Salone-del-500

O Palazzo Vecchio de Firenze

Em posição de destaque na deslumbrante Piazza della Signoria, o Palazzo Vecchio é um dos maiores símbolos da cidade de Firenze. Construído no século 13 , além de ser a sede do município, abriga um museu com magníficos salões e guarda verdadeiras obras de arte em seu interior.

Palazzo-vecchio

O aspecto atual do palácio deve-se às diversas reestruturações que sofreu durante os séculos

Projetado em 1299 por Arnolfo di Cambio,  é um prédio tipicamente medieval. Foi construído  para garantir maior segurança aos magistrados e era também uma forma de demonstrar a importância de seus políticos.

Palazzo-vecchio

 

O Palazzo Vecchio já foi chamado de Palazzo dei Priori e Palazzo della Signoria. Foi projetado para hospedar os Priori e os Gonfaloneiros da Justiça, o corpo governativo supremo de Florença, que mudaram-se  posteriormente para o Palazzo del Bargello.

 

palazzo-vecchio

Arte contemporânea – A Praça della Signoria abriga muitas exposições temporárias. A ultima foi a do artista Urs Fisher e ficou até o final de janeiro. Uma escultura de 4 metros ganhou o interior da praça e dividiu opiniões sobre inserir obras contemporâneas no local

A Torre de Arnolfo foi construída em 1310 e tem quase 95 metros de altura. Essa torre é aberta à visitação. A torre esconde um vão que foi utilizado como prisão de Cosimo Il Vecchio, condenado ao exílio, e de Savonarola, condenado à morte em 1498.

torre-de-arnolfo

A Torre de Arnolfo vista da Loggia dei Lanzi e a escultura Perseus com a Cabeça de Medusa, obra de Benvenuto Cellini realizada entre 15445 e 1554

 

palazzo-vecchio

A estátua de Cosimo I de’Medici na Piazza della Signoria. Na fachada do Palazzo Vecchio os brasões que foram pintados em 1353 e simbolizam aspectos da Republica Fiorentina

Centro da vida política e civil da Firenze renascentista no século 15, início do Renascimento, o Palazzo Vecchio tornou-se a sede da Signoria e em 1540, com a denominação de Palazzo Ducale, pois era a residência do Grão-Duque Cosimo I de’ Medici. O mesmo  solicitou a Vasari de expandir a parte superior e nessa época o prédio foi duplicado. E finalmente, em 1565, quando o Grão-Duque escolhe o Palazzo Pitti como sua  residência, passa a ser chamado de Palazzo Vecchio.

Loggia-dei-Lanzi

A Loggia dei Lanzi e ao fundo o Corredor Vasariano, que liga o Palazzo Vecchio à Galleria degli Uffizi

loggia-dei-lanzi

Vasari construiu uma passagem secreta ligando o Palazzo Vecchio ao Palazzo Pitti: o Corredor Vasariano, que atravessa o Arno sobre a Ponte Vecchio.

palazzo-vecchio

Várias estatuas compõem a fachada do prédio, dentre elas uma reprodução da obra Davide, de Michelangelo, que foi instalada em 1910. A original, realizada entre 1501 e 1504, encontra-se na Galleria della Academia desde 1873

Entre 1865 e 1871 , quando Florença tornou-se capital do Reino da Itália, o Palazzo Vecchio foi sede do governo nacional.

 

palazzo-vecchio

Cortile de Michelozzo, no térreo do palácio. Não é preciso de ingresso para ter acesso ao pátio

Salas e Cortes

Salone dei 500 – O Salão dos 500, o mais majestoso dos salões, foi construído em  1494 durante República de Savonarola, que sucedeu os Médici.  Este era o local onde reuninam-se os 500 membros da Câmara. O espaço reune obras de enorme valor histórico e artístico, com obras de Michelangelo, Baccio Bandinelli e Vasari.

Salone-500

O Palazzo Vecchio é repleto de divinos salões ricos de história e segredos. Este é o Salone dei 500

Durante as reestruturações que ocorreram entre 1555 e 1572 as famosas pinturas incompletas que represam a Batalha de Anghiari, de Da  Vinci e a Batalha de Cascina, de Michelangelo, foram provavelmente destruídas. Este é um verdadeiro mistério pois não se sabe ao certo se as pinturas atuais escondem essas preciosidades desses 2 geniais artistas.

 

Salone-del-500

O Salone dei 500 apresenta uma série de esplêndidas pinturas que celebram a apoteose de Cosimo De’ Medici e da cidade de Firenze

Além do Salone dei 500, no primeiro andar estão a o Studiolo di Francesco I e o Quartiere di Leone X, com as salas  Cosimo Il Vecchio e Lorenzo Il Magnifico.

museo-palazzo-vecchio

 

Segundo andar – No segundo andar estão ao Quartierei degli Elementi, projetado em meados de 1550 e composto por 5 salas,  e Quartiere di Eleonora e a  Sale dei Priori, com a Sala dell’Udienza e la Sala dei Gigli.

sala-dell'udienza

As Salas dei Priori, decoradas com obras de Benedetto e Giuliano da Maiano e Ghirlandio, eram utilizadas pela senhoria para reuniões e audiências

 

sala-dell'udienza

Porta de madeira com Dante e Petrarca, de Giuliano da Maiano e Francesco di Giovanni, sobre desenho de Botticelli

 

duomo

A vista da sala

Apartamento de Leonor –   Quando O Grão-Duque Cosimo I mudou-se para o Palazzo com a sua corte destinou um  apartamento  para a sua mulher , Eleonor di Toledo.  Foi projetado e decorado por Vasari e seus colaboradores.

musei-palazzo-vecchio

O Palácio conserva tambem a mascar fúnebre de Dante Alighieri, poeta fiorentino

 

museo-palazzo-vecchio

Cappella di Eleonora coberta por afrescos de Bronzino

 

musei-palazzo-vecchio

Na Sala dos mapas geográficos um globo terrestre e mais de 50 painéis pintados com toda as partes do mundo conhecidas no século 16

 

torre-de-arnolfo

Foto feita do alto da Torre de Arnolfo por Juliana, do Instagram @_coisasdejuh_

Museu do Palazzo Vecchio

De abril a setembro: 9 às 23 (quintas das 9 às 14h)

Outubro a março: 9 às 19 (quintas das 9 às 14h)

A bilheteria fecha sempre uma hora antes do fechamento do museu.  (No dia de Natal o museu permanece fechado)

Bilhete 10 euros

 

Torre de Arnolfo:

De 1 abril a 30 de setembro:  9 às 21 (quinta das 9 às  14H) e de 1 outubro a 31 de março: 10 às 17  (quintas das 9 às 14 h).

O acesso fica suspenso em caso de chuva e  é permitido apenas a maiores de 6 anos.

 

Valor dos bilhetes:

Torre de Arnolfo e caminhada de Ronda- 10 Euros

Museu + Torre e caminhada -14 euros

Museu + Torre e caminhada + percurso arqueológico –  18 euros

Para informações clique aqui.

Adquira através do blog o seu ingresso e salte a fila:

Clique aqui para detalhes e informações.

 

Posts que podem interessar:

Dicas de hoteis em Firenze

20 atrações grátis em Firenze

Dicas de Firenze

A Igreja de Santa Croce

A Basílica de Santa Maria Novella

Passeio a bordo do 500

7 rooftops de Firenze

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'O Palazzo Vecchio de Firenze' have 4 comments

  1. 13 de abril de 2018 @ 21:00 Juliana

    Parabéns pelo artigo. Vi que vc usou a foto feita la do alto da Torre de Arnolfo. Agradeço por ter me citado, mas o IG correto é @_coisasdejuh_. Um abraço carinhoso.

    Reply

    • 15 de abril de 2018 @ 11:55 Denya Pandolfi

      Obrigada a vc Juh por ter cedido a foto. Vou corrigir. Baci, Denya

      Reply

  2. 16 de abril de 2018 @ 12:08 Grazie a te / Roteiro básico para quem vai passar 3 dias em Firenze

    […] Piazza della Signoria e Palazzo Vecchio – esse é o coração pulsante da cidade. Aqui o conceito “museu a céu aberto” se faz valer. Veja mais detalhes sobre a praça e o  Palazzo Vecchio, sede da prefeitura da cidade,  neste post. […]

    Reply

  3. 22 de maio de 2018 @ 05:05 Grazie a te / O Museu Uffizi, atração imperdível em Firenze, é o museu mais visitado da cidade

    […] arquiteto projetou um prédio em foma de “U”. Alguns anos depois Cosimo decidiu unir o Palazzo Vecchio ao Palazzo Pitti,  que era a residência dos Medici, através de uma passagem secreta, o Corredor […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.