programas-quando-chove-florença

O que fazer em Firenze num dia de chuva

Claro que ninguém quer chuva durante a viagem. Você programa todos os detalhes de  sua visita à Firenze imaginando que vai passear pelas ruelas da cidade admirando seus cantinhos charmosos,  fazer refeições ao ar livre e curtir aquele romântico por do sol. Mas aí aparece aquela chuva que não estava prevista e é literalmente aquele banho de água fria em sua programação. Mas são muitas alternativas interessantes pra você curtir a cidade mesmo em dias chuvosos. Vou começar citando os museus, que é bastante obvio! É que Firenze abriga museus imperdíveis!  Vou começar citando um pra te convencer que você não pode deixar de incluir em seu passeio a Galleria degli Uffizi (faça chuva ou faça sol), que reúne o maior acervo de obras renascentistas do mundo. Firenze oferece tantos outros maravilhosos museus, lindas igrejas, mostras e excelente gastronomia. Portanto, mesmo com chuva, a cidade não vai te decepcionar.
chuva-firenze
 santa-croce

 

Os meses mais chuvosos de Firenze são de novembro a março.  Mas como o clima tem mudado em todo o mundo, é impossível saber se você não vai pegar dias de chuva em outra época do ano.  E gosto sempre de frisas que os dias chuvosos no outono são alternados com dias maravilhosos de céu azul. Se vier na primavera ou no verão, pode ser que você pegue algum temporal, comuns nessa época. Selecionei neste post inúmeros locais  pra você aproveitar as belezas de Firenze em dias de chuva. Claro que é preciso priorizar os passeios buscando locais cobertos:

firenze-chuva

Gastronomia 

Firenze é famosa por suas tradições culinárias.  Em dias chuvosos, busque abrigo no Mercato Centrale, um  mercado gastronômico este é um espaço gastronômico com diversas opções de street food  com pratos típicos da culinária italiana. Com diversos stands, você encontra produtos de ótima qualidade, desde o cafe-da-manhã até jantar. Fica na região de San Lorenzo.
mercado-san-lorenzo

O Mercato Centrale é um espaço gastronômico que acomoda até 500 pessoas na área central do primeiro andar

Outra excelente opção gastronômica é a loja da Eataly, a 3 minutos do Duomo da cidade. Aproveite a chuvinha para degustar sem pressa e sem culpa de todas as delícias da culinária italiana!

Museus

 

Palazzo Pitti –  O Palazzo Pitti é um grande edificio renascentista e representa o ponto de encontro entre a arte do passadao e a arte contemporânea, da Galeria Palatina à arte moderna.   Já foi residência da família Medici e de importantes famílias, como os Lorena e Bonaparte e atualmente abriga 8 museus. Piazza dei Pitti, 1
Museu degli Innocenti – O Ospedale degli Innocenti, projetado por Brunelleschi, era originalmente um orfanato para crianças. O prédio renascentista construído nos anos 1400 era uma instituição que acolhia crianças abandonadas e onde atualmente funciona um museu. Fica na piazza Santissima Annunziata
Bargello –   Instalado num palácio medieval do século 13, o Museu Nacional do Bargello, um dos mais importantes de Firenze, abriu suas portas em 1865.  Com obras do início do Renascimento, sua coleção inclui esculturas, cerâmicas, tapeçarias, mobílias e tecidos que pertenceram à família Medici e a outros colecionados privados. Fica na via del Proconsolo, 4
bargello
Uffizi – A Galleria degli Uffizi é um dos mais importantes museus da Europa, com o maior acervo de arte renascentista do mundo, que guarda obras de artistas como Leonardo Da Vinci, Michelangelo, Rafael, Botticelli, Cimabue e Giotto.  Piazzale degli Uffizi, 6
Palazzo Vecchio – O Salão dos 500, o mais majestoso dos salões, foi construído em  1494 durante República de Savonarola, que sucedeu os Médici.  Este era o local onde reuninam-se os 500 membros da Câmara. O espaço reúne obras de enorme valor histórico e artístico, com obras de Michelangelo, Baccio Bandinelli e Vasari. Piazza della Signoria.
loggia-dei-lanzi

A Loggia dei Lanzi, na Piazza della Signoria, é um espaço coberto que reúne maravilhosas esculturas

Galleria dell’Accademia –   é neste museu que está a estátua original do David, de Michelangelo. O museu abriga outras  obras do artista, além da coleção histórica do Conservatório Luigi Cherubini. Via Ricasoli
Cappelle Medicee –   As capelas dos Medici fazem parte do complexo San Lorenzo com túmulos do mais famosos integrantes da família Medici, que são decorados com escultura de Michelangelo.
Museu dell’Opera del Duomo –  com mais de 750 obras, o espaço abriga a maior coleção do mundo de esculturas da Idade Média e do Renascimento fiorentino. Criado em 1891, o museu conserva as obras que nos séculos foram retiradas do Duomo,  do Campanile de Giotto e do Batistério.

Igrejas

 

Santa Maria Novella – esta é a principal igreja dominicana da cidade.  Sua construção começou no século 13.  Guarda em seu interiormuitos tesouros artísticos e obras de arte, afrescos do período gótico e do início do Renascimento. Fica na piazza de Santa Maria Novella
Santa Maria del Fiore, o Duomo da cidade – é um dos maiores símbolos de Firenze. Sua construção perdurou por seis séculos, passando por  diversas intervenções estruturais. A catedral foi consagrada em 1436, ao fim das obras da cúpula, obra de Brunelleschi.  A entrada é gratuita.  Em frente à igreja fica o Batistério de São João. O Duomo e o Batistério ficam na piazza San Giovanni.
batisterio-san-giovanni

Em 1128 o Batisttero di San Giovanni tornou-se oficialmente o batistério da cidade.  De uma beleza única, o teto é todo feito em mosaicos

Santa Croce – esta igreja representa um dos maiores exemplos do estilo gótico italiano. A igreja conserva os túmulos de italianos ilustres como  Galileo, Maquiavel e  Michelangelo.
santa-croce

As igrejas de Firenze guardam verdadeiros tesouros. Esta é a fachada da Basílica de Santa Croce

 

Ognissanti – A igreja de ” Todos os Santos”, que fica na praça Ognissanti, é pequena mas vale a pena uma visita. Seu interior surpreende pel linda decoração, com obras de Giotto e Botticelli, que foi sepultado no local.
ognissanti

Interior da Igreja de Ognissanti

Compras

 

Mesmo que não seja o principal motivo de sua viagem, umas comprinhas não fazem mal a ninguém! Fiz um post com dicas de compras em Firenze , incluindo as lojas La Rinascnete e Coin, duas grandes lojas de departamento onde você pode gastar algumas horinhas.

 

dias-chuvosos-firenze

 

 

Adquira os seus bilhetes sem impressão e sem fila. É pratico e simples, clique aqui.

 

Posts que podem interessar:

A Síndrome de Stendhal

Portas italianas

Menu do dia- dicas para não gastar muito

Aperitivo, happy-hour à italiana

Os oratórios nas esquinas de Firenze

Agroturismo, uma forma simples e autêntica de hospedagem 

Cappella Brancacci e as obras de Masaccio

A estação de trem de Florença



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'O que fazer em Firenze num dia de chuva' have 2 comments

  1. 11 de outubro de 2018 @ 16:05 Analia

    Boas dicas!!

    Reply

    • 11 de outubro de 2018 @ 17:56 Denya Pandolfi

      Oi Analia, como vai? Obrigada pela visita e volte sempre!!! Abs, Denya 😉

      Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.