DSC_0235

O Chianti Clássico

Em 2016 o Chianti Classico completou  300 anos. Foi em 24 de setembro de 1716 que o grão-duque Cosimo III de’ Medici decidiu delimitar alguns territórios da Toscana com vocação para a produção de vinhos de alta qualidade.  Vamos explorar comigo esse magnífico território?

DSC_0248

Plantação da uva sangiovese nas colinas do Chianti Classico

chianti-classico

 

A região do Chianti Classico

O  Chianti Classico é  uma região que se estende entre Siena e Firenze, num total de 70 mil hectares. Circundada por oliveiras e vinhedos, num cenário  muito retratado por pintores e que impressiona pelos seus castelos, burgos fortificados e construções medievais, é nesse esplêndido território que é produzido um dos vinhos mais famosos e apreciados do mundo, o Chianti Classico.

DSC_0136

As garrafas do vinho produzidos na região entre Firenze e Siena levam o emblema que garantem a qualidade e proveniência dos vinhos conhecidos como Chianti Classico e são controlados pelo Consorzio Vino Chianti Classico, fundado em 1924 para proteger o vinho e sua denominação. O  gallo nero (galo preto) é o símbolo que qualifica os vinhos do território  do Chianti, que são produzidos em 9 sub-regiões, que são as seguintes: Castellina in Chianti, Gaiole in Chianti, Greve in Chianti, Radda in Chianti, parte de Barberino Val d’Elsa, Castelnuovo Berardenga, Poggibonsi, San Casciano in Val di Pesa e Tavarnelle Val di Pesa.

caratteristiche-territorio-chianti

 

chianti-classico

DSC_0874

Chianti Classico – São 580 sócios, dos quais 376 que engarrafam seus produtos, com uma produçao média anual é de 35 milhões de garrafas

De acordo com os regulamentos de produção desta Denominação de Origem Controlada e Garantida, DOCG, um Chianti Clássico deve ter um percentual mínimo de 80% da composição  Sangiovese,  e os 20 %  restantes devem ser de uvas tintas, podendo chegar a 100% (varietal).

Chianti-classico

Existem 3 tipologias de Chianti Classico: Annata, Riserva (envecelhecido mínimo 24 meses) e Gran Selezione (envelhecido mínimo 30 meses). O Chianti Classico pode ser comercializado a partir de 1º de outubro do ano posterior ao ano da vindima. Já os vinhos engarrafados como Chianti são feitos a partir de uvas provenientes de áreas diversas do Chianti e devem levar ao menos 70% de Sangiovese no blend.

DSC_0658

O galo preto, símbolo do Chianti Clássico 

A origem deste símbolo provém de uma lenda do século 12, período das sangrentas guerras medievais. Na época medieval, Firenze e Siena viviam em conflito para expandir suas fronteiras.  Foram muitas as batalhas sanguinárias pelo apoderamento da fascinante região do Chianti, até que as 2 cidades decidiram resolver o impasse de uma forma bastante inusitada: cada uma escolheria um galo, que assim que cantasse pela manhã,  um guerreiro de cada cidade sairia em direção à cidade rival.  E a fronteira seria no ponto de encontro dos dois cavaleiros. Cada cavaleiro partiria do portão de sua cidade e o  que mais corresse teria condições de garantir um território maior para a sua cidade.  Siena escolheu um galo branco e o preparou bem, com bastante comida. O governo de Firenze escolheu um galo preto e o deixou sem comer, para que logo cedo sentisse fome o cantasse.  No dia seguinte, o galo preto, faminto, cantou cedinho e o cavaleiro de Firenze saiu ainda de madrugada. Enquanto que o galo branco de Siena, muito bem  alimentado, continuou dormindo. Os 2 cavaleiros se encontraram no município de Casellina, a 12 Km de Siena, o que garantiu à cidade de Firenze uma grande parte das terras do Chianti de forma pacífica.  Quase toda a área do Chianti ficou sob o domínio da Republica Fiorentina.

 

DSC_0126

No Mercado Central de San Lorenzo, em Firenze, podemos encontrar a enoteca Chianti Classico, com mais de 200 etiquetas, onde é possível fazer degustação de vinho sem sair do centro da cidade.

DSC_0128

No Mercado Central de San Lorenzo

E para festejar os 300 anos, muitas iniciativas  ligadas ao esporte, música e enogastronomia. Dentre os eventos mais esperados acontecem no sábado, dia 24 de setembro, no Salão dei Cinquecento e no Novo Teatro dell’ Opera de Firenze.

uva

Setembro é o mês da vindima, a colheita da uva

E como setembro é mês de vindima, a Toscana apresenta muitos eventos em diversas cidadezinhas de seu território para celebrar a colheita da uva. Uma festa  bacana na região é a Expo Chianti Classico, uma feira enograstronômica pelas ruas de Greve,  com intensa programação cultural. Este ano o evento acontece entre 8 e 11 de setembro. E em Panzano acontece a Vino al Vino, de 15 a 18 de setembro. Para mais detalhes, clique aqui.

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'O Chianti Clássico' have 4 comments

  1. 29 de agosto de 2016 @ 22:26 Alessandra Martins

    CIAO Denya
    Adorei a história dos galos…espertos os fiorentinos…
    Essa é uma região que não pude conhecer,mas como parece ser perto de firenze…penso visitar Chianti no próximo ano. .bacio

    Reply

    • 29 de agosto de 2016 @ 23:11 Denya Pandolfi

      Ciao Alessandra,
      A cidade de Greve, no Chianti, fica a poucos minutos de Firenze. Espero que possa visitar essa região em seu próximo passeio. 😉
      Un bacione, D

      Reply

  2. 27 de setembro de 2016 @ 22:06 Carlos

    Cara Denya
    Adoramos seu blog!! Estamos planejando um passeio pela Toscana no próximo ano. Vamos de carro de Siena para Florença e desejamos uma dica de alguma vinícola para almoçar e degustar vinhos na região de Chianti.
    Agradecemos sua disponibilidade. Abrs

    Reply

    • 28 de setembro de 2016 @ 22:57 Denya Pandolfi

      Tudo om Carlos?
      No blog eu falo sobre a Antinori (faça uma busca para ver mais), acredito que vocês vão gostar.
      Abraço e bom passeio!
      Grata pela visita 😉 Denya

      Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.