prato-della-vale

Pádua, a cidade de Santo Antônio

padova
“Devota de Santo Antônio que sou, não deixaria Padova de lado, de jeito nenhum, ao elaborar o roteiro da nossa viagem à Itália.” A capixaba Elaine Castro Garau, autora do blog de viagens Viagem Massa, fez uma descrição tão gostosa de seu passeio à cidade que garanto que você vai querer incluí-la em seu próximo giro pelo Vêneto . Pádua fica a apenas 40 Km de Veneza e é a terceira maior cidade da região, depois de Veneza e Verona. Vamos acompanhar o passeio da Elaine e viajar um pouquinho também:
A cidade onde o santo casamenteiro passou seus últimos anos de vida acabou surpreendendo. Pádua, ou Padova, está ali no norte da Itália, pertinho de Veneza. Ficamos por lá dois dias – tempo suficiente pra conhecer a belíssima Prato Della Valle, a Basílica de Santo Antônio, A Igreja de Santa Giustina …. Tem apenas um dia? Quer planejar um bate-volta? Acredito que valha a pena. Dá pra aproveitar assim mesmo.

prato-della-valle

A Prato Della Valle é uma das maiores praças da Europa, e é muito bonita, rodeada por estátuas e palacetes. O movimento é sempre intenso, um verdadeiro ponto de encontro. Em alguns dias da semana, há feirinhas onde os comerciantes vendem principalmente roupas e alimentos.

Santa Giustina

A Basílica de Santa Giustina

De lá é possível ver a Igreja de Santa Giustina, construída no Século XII em homenagem à Santa Justina, e também a Loggia Amulea, que já foi quartel dos bombeiros, e hoje é usada pela prefeitura. É tão belo que alguns noivos decidem fazer a cerimônia de casamento ali. Pra nós, e para fiéis de todo o mundo, o ponto alto é mesmo a Basílica de Santo Antônio (IL Santo).

padova

A Basílica de Santo Antônio – Il Santo

padua-veneto

Santo Antônio, franciscano português ,nasceu em Lisboa em 1195 mas passou parte de sua vida em Pádua, onde faleceu em 1231

Ela foi construída para receber os restos mortais do Santo que também é padroeiro das famílias e das grávidas. A entrada é gratuita e o visitante tem acesso a tudo, inclusive ao túmulo (ô emoção), e à capela da Madonna Mora, que é parte da igrejinha que existia antes da construção da basílica. Dizem que Antônio passava boa parte de seus últimos dias no local. Na Capela das Relíquias é possível ver objetos como a túnica usada por Antônio e também a língua e as cordas vocais do Santo! Se tiver mais de um dia em Padova e o tempo estiver bonito, indico um passeio de bicicleta pelas ruas e parques da cidade, tomando cuidado com as zonas onde só é possível andar a pé.
padova-veneto
Quando fomos? Março/2015 (comecinho de primavera, mas ainda um pouco frio) Onde nos hospedamos? No M14, um hotel simpático, sem muito luxo, mas com excelente custo-benefício. Fica bem perto da Prato Della Valle e de outros atrativos turísticos. Entre as vantagens: empresta bicicleta e aceita animais. Para mais detalhes sobre o hotel, confira o relato de Elaine em seu blog.
Grazie Elaine!!!
Assim como o Grazie a te, o blog Viagem Massa também é membro da RBBV  (Rede Brasileira de Blogueiros de Viagens).


About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Pádua, a cidade de Santo Antônio' has no comments

Be the first to comment this post!

Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.