panzano-chianti

Panzano in Chianti

panzano-chianti
A pequena cidade de Panzano, que pertence a Greve in Chianti, é um burgo medieval situado entre Firenze e Siena. O cenário é de filme: colinas verdes com oliveiras e vinhedos e estradas sinuosas que escorrem até a cidade com suas muralhas e torres. Panzano é conhecida pelo seu castelo, que fica na parte alta e mais antiga e pela igreja de Santa Maria. É um desses lugares onde o tempo parece ter parado.
panzano
 É possível girar a pé pela cidade para observar suas casas, construções e o pacato ritmo de vida dos habitantes. Quer forma mais gostosa para conhecer um pouco mais da história e costumes da Itália?
O ritmo em Panzano é de tranquilidade… não deixe de escolher um dos estabelecimentos da cidade para experimentar produtos típicos, como vinho, queijos e presuntos.
panzano

O burgo de Panzano tem cerca de 150 habitantes

chianti

Bem perto de Panzano, numa paisagem encantadora, está o agroturismo Olmastrino, que oferece uma forma prazerosa de hospedagem, em meio à natureza e em contato com as ricas tradições da região do Chianti. A família Azzurri produz também vinho, azeite e o Vin Santo (vinho para sobremesa), disponíveis para venda e degustação na loja que fica próxima à casa da família. O senhor Piero, proprietário do local, fez questão de nos receber em sua casa, toda decorada no estilo toscano. Nos porta-retratos, fotos de integrantes da família Fendi, que também tem casa na região.

dsc_0902

Uma das atrações mais procuradas em Panzano é o açougue de Dario Cecchini, famoso em todo o mundo graças principalmente ao episódio do funeral da bistecca. Em 2001, na época da vaca louca, Elton John contatou Dario para fazer uma encomenda e desembolsou 2.500 dólares por um pedaço de bisteca. É vero! Eu mesma perguntei se isso não era lenda e me disseram que foi exatamente assim.

Cecchini

Dario Cecchini: “Não há partes mais nobres da carne. Cada corte é excepcional se bem cortado e cozido. Meu dever e a minha filosofia como açogueiro é usar bem todo o animal”

Apaixonado pela sua terra e pela sua profissão, Dario é um personagem! Divertido, experiente e bem humorado me cumprimentou com um “boa tarde”, sem eu ter nem mesmo falado de onde era. A sua grande sacada foi ter aberto há poucos anos a Oficina della bisteca, restaurante que fica em frente ao seu açougue,  contribuindo assim para afirmar a tradição e os sabores da culinária da sua terra. “Na minha botega a hospitalidade é sagrada.

Dario-cecchini

No meu restaurante, comemos e bebemos todos juntos, em  harmonia e bom convívio social, e onde espero que vocês possam apreçar o meu trabalho em busca da alta qualidade”.O almoço tem preço fixo de 50 euros e quem quiser pode levar a sua garrafa de vinho sem custo adicional. Em tom de brincadeira, ele pede apenas para se apresentar em jejum e desaconselha o local às pessoas de pouco apetite.

Cecchini-panzano

Na entrada do açougue

Imperdível também é uma visita à Accademia del Bu0n Gusto, Stefano Salvatori.  Aqui falo mais sobre o local neste post.

Accademia-gusto

A bodega do Stefano é visita imperdível para os amantes do vinho

vendemmia

Panzano fica perto de Greve, coração do Chianti Clássico. Saiba mais sobre a cidade clicando aqui.



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Panzano in Chianti' have 9 comments

  1. 5 de julho de 2013 @ 14:35 zilda

    Eh covardia!
    Bistecca: “Assim voce me mata…”

    Reply

    • 6 de julho de 2013 @ 10:16 Denya Pandolfi

      Sera’ que pode competir com o nosso churrasco???? Rs… Beijo, Denya

      Reply

  2. 6 de julho de 2013 @ 09:35 Patricia Godoy Rissi

    Denya adoro Dario Cecchini! Nos conhecemos 3 anos atras e sempre que posso vou visita-lo! Levo minha familia e meus amigos quando veem do Brasil para conhece-lo pq è realmente uma pessoa fantastica! Luciano tb leva clientes ali no tour Tuscany e Cinque Terre. Bjos

    Reply

    • 6 de julho de 2013 @ 10:18 Denya Pandolfi

      O Dario e’ uma figura! Todo mundo fica encantado com suas historias e seu jeito alegre de encarar a vida! Admiro a sua paixao pelo trabalho que realiza, com certeza o segredo do seu sucesso. Beijo… D

      Reply

  3. 13 de julho de 2013 @ 14:45 Vera lúcia de Rezende

    como foi a história do funeral ?

    Reply

    • 15 de julho de 2013 @ 11:26 Denya Pandolfi

      Oi Vera, a história do funeral aconteceu em 2001 quando foi proibido o consumo da carne de boi devido ao vírus da vaca louca. Dário, em tom de ironia, celebrou o funeral da bistecca e colocou inclusive uma placa na porta de seu açougue… Obgda por nos visitar! Abraço, D

      Reply

  4. 1 de agosto de 2013 @ 12:55 Accademia del Buon Gusto, Chianti | Grazie a te

    […] Panzano, que é uma das cidades que fazem parte do Chianti. Você pode conferir o post clicando aqui. Hoje vamos falar sobre outra parada obrigatória para quem visita a cidade: a Accademia del Buon […]

    Reply

  5. 14 de novembro de 2015 @ 09:28 Grazie a te / Volpaia

    […] para explorar a região. Saiba mais sobre as outras localidades que integram o Chianti, como Panzano e Greve. Bom final de semana a todos! SNAPCHAT: […]

    Reply

  6. 16 de maio de 2016 @ 12:22 Grazie a te / Um passeio em Castellina in Chianti

    […] Panzano in Chianti – 13 Km […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.