DSC_0357

Pratos típicos da Toscana

Há tempos havia prometido, e eis que finalmente falo sobre a gastronomia da Toscana, uma das regiões italianas mais ricas de pratos típicos.  Se você tem planos de passear por aqui e aproveitar o que de melhor a  cozinha local pode oferecer, confira aqui para ficar por dentro de tudo o que pode pedir nos restaurantes.

cozinha-toscana

A Toscana é terra de camponeses e sua cozinha, que tem como base ingredientes frescos e genuínos, além de ser sazonal é muito simples.  Inclusive é conhecida como cucina povera, isso é, cozinha pobre. Mas nem por isso não deliciosa, ela é repleta de aromas e sabores! Muitos pratos fazem alusão à sua origem rural e e  essa simplicidade que seduz e surpreende.  Muitos pratos são à base de pão e azeite, pois a Toscana é uma rica região produtora de azeite de oliva (veja mais aqui) e isso faz toda a a diferença no preparo de inúmeras receitas.  A gastronomia local baseia-se nos produtos que temos à disposição aqui no território.  Para você saborear um deliciosa típico prato da culinária toscana é preciso levar em consideração a estação do ano.  Alguns pratos são encontrados apenas no verão e outros apenas no inverno  (quando os restaurantes utilizam produtos congelados, indicam no menu). Agora explico um pouquinho sobre cada especialidade:

Pão sem sal – Difícil falar de gastronomia toscana sem citar o pão, utilizado como base de muitos antepastos e sopas. O pão toscano é sem sal, tem o miolo macio e a crosta crocante. No início eu achava estranho mas atualmente adoro e  chego a sentir falta quando viajo para outras regiões e não consigo encontrá-lo. O pão toscano é oferecido no início da refeição e é uma delicia com uma pitadinha de sal e azeite.

pao-toscano

Crostini –  Servidos como antepasto, são fatias de pão tostado com uma variedade de sabores. Tem crostini de fegatini (preparado com fígado de frango), funghi, bruschetta (principalmente no verão), queijo brie e nozes , tomate, apenas azeite ou linguiça e queijo stracchino (este é uma perdição!) . E nos meses frios, a bruschetta de tomate se transforma em fettunta. E não há nada de mais simples para preparar:  depois de tostar o pão, basta passar um pouquinho de alho e caprichar no azeite extra-virgem de oliva.

crostini-toscani

Presunto – O Prosciutto Toscano DOP – Denominaçao de Origem  Protegida –  é produzido apenas aqui no território toscano e envelhecido no mínimo 12 meses. Geralmente o presunto é servido como antepasto. Se vier aqui no verão, não deixe de experimentar presunto cru e melão, que formam uma dupla irresistível!

Antipasto toscano Gat (2)

Finocchiona-   é um tipo de salame tipico do sul da Toscana preparado com erva-doce (funcho). Quando pedimos affettati misti toscani como antepasto geralmente incluem também a finocchiona.

Panzanella– é um prato rústico e típico da cozinha toscana,  servido como primo (no lugar da pasta). É preparada à base de pao dormido molhado na  água. Como é super fácil fazer, deixo inclusive aqui a receita: deixe o pao dormido embebido em agua filtrada por cerca de 1 hora. Depois amasse com as mãos para tirar a agua e esmigalhe os pedaços. Acrescente tomate, pepino, fatias bem  fininhas de cebola vermelha, manjericão,  folhas de rúcula (se quiser)  e bastante azeite.  Uma pitada de sal  e pimenta do reino fresca a gosto.

panzanella

A panzanella é um dos meus pratos preferidos no verão! Rápido e fácil de preparar

Minestra di pane – esta é uma sopa de pão com legumes.  É preparada com pedacinhos de batata, cenoura, aipo, cebola, tomate e feijão e encontrada nos restaurantes entre novembro e março, que são os meses mais frios do ano.

Ribollita – este é um prato preparado com pão velho e verduras das regiões de Pisa e Firenze que surgiu  para reaproveitar as sobras. Esta é uma sopa de verduras e pão requentada (bolire significa ferver, cozinhar… ribolita significa cozinhada 2 vezes).  Em muitos locais você encontra o ano todo, mas aqui é bem mais consumida no inverno.

ribolita

Pappa al pomodoro – dentre os chamados pratos pobres, este é o principal deles. A pappa al pomodoro é uma deliciosa sopa de pão, alho, manjericão e tomates. A qualidade dos tomates é primordial para um excelente resultado. E é no verão que o fruto amadurece, portanto,  agosto e setembro são meses excelentes para se saborear este típico prato. Você encontra a pappa al pomodoro durante todo o ano, mas nos meses de inverno ela é feita com a massa de tomate congelada ou então com molho de tomate industrializado.

pappa_al_pomodoro_toscana_04

A pappa al pomodoro é um dos principais pratos da cozinha toscana (foto divulgação)

Cacciucco –  o cacciucco mais tradicional é o preparado com peixe, pois existem também outras variantes. Esta sopa de peixe preparada com frutos do mar é servida sobre o pão tostado.  Este prato é típico de Livorno e bastante difundida também em Viareggio e surgiu também das sobras, ou seja, dos peixes de qualidade inferior que eram aproveitados sobre um pedaço de pão. Leva polvo, lula, mexilhões, camarões. Uma delícia!!!

cacciucco

Lampredotto – típico de Firenze, você vai encontrar diversas barraquinhas espalhadas pela cidade que servem a iguaria. O lampredotto é servido como sanduíche e bastante comum em toda a Toscana. O panino al lampredotto, que é preparado com  a 4ª parte do estômago do boi, ocupa um dos primeiros lugares quando o assunto é street-food. Visitar Firenze e não experimentar esse clássico não vale!

1280px-lampredotto_sandwich

O panino al lampredotto encabeça a preferência do street-food de Firenze

Bistecca alla fiorentina –  a bistecca é bem alta, com corte em “T”, preparada na grelha e servida bem mal passada dentro, bastante rosada. É  feita com a carne Chianina,  raça de boi da região toscana do Val di Chiana. Sempre digo e vou repetir: não peça a bistecca bem passada. Se você não curte carne ao sangue, escolha outro prato.

unnamed-002

A bistecca alla fiorentina é super macia e mal passada

Pepposo dell’Imprunetta– Este prato é preparado com cubos de carne, bastante pimenta do reino em grãos e vinho tinto. Algumas pessoas acrescentam alho e tomate. É preciso cozinhar a fogo baixo por bastante tempo, tipo 2 ou 3 horas,  e quando feito com músculo da carne Chianina é ainda mais gostoso!  O nome do prato deriva da localidade de Imprunetta, nas colinas de Firenze.

peposo

Pappardelle sul cinghiale–  é um prato tipico da Maremma, sul da Toscana. O molho lembra bastante o ragú alla bolognese, mas tem um sabor mais selvagem.  A gente encontra esta massa com molho de javali praticamente o ano todo.

pratos-típicos

Pappardelle alla lepre –. Outra receita típica toscana com carne de caça é o pappardelle com carne de lebre. Assim como o  javali, a carne às vezes é marinada por até 48 horas  para eliminar o forte odor.

Pici – Não  é  um prato, mas um tipo de massa, bem parecida com o spaghetti,  só que mais grossa e rugosa. Essa massa é originária do sul da Toscana e dentre os molhos para acompanhá-la estão l’aglione (um tipo de alho),  molho de carne moída, funghi, carbonara ou cacio e pepe (que é uma receita romana mas que combina muitíssimo bem com o picio).

picci

Pici all’aglione: prato simples e rústico da região dei Siena (foto divulgação)

Siga o blog no Facebook e no Instagram @grazieateblog com postagens diárias

 

 

Doces

 

Schiacciata con l’uva – é muito parecido a um bolo e é feito com ingredientes simples, como massa de pão, azeite, açúcar e uva vermelha, a canaiola, sempre no período da colheita, isto é, setembro. Portanto, a gente só encontra essa delicia no mês de setembro e início de outubro.

schiacciata

O doce típico da época das vindimas, a schiacciata con l’uva. Esta foi preparada por Emiko Davies, autora do livre Florentine, cheinho de receitas maravilhosas!

Cavalucci –  é um biscoito típico de Siena, preparado com mel, nozes e frutas cristalizadas. Apesar de serem típicos das festas de final de ano,  podem ser encontrados durante todo o ano.

Pan ramerino – é um pão feito com uva e alecrim e servido na Quarta-feira Santa.

Schiacciata alla fiorentina – típico para ser saboreada no período de carnaval, é um  bolo branco, macio e delicado com o topo de açúcar fino.

frittelle

Ricciarelli – este doce é originário de Siena e feito com amêndoas, ovos e açúcar, e geralmente servido nas festas de final de ano.

Panforte –  este é um doce clássico italiano e foi criado em 1200, em Siena. É feito com frutas, casca de laranja e nozes. Apesar de ser um doce de Natal a gente encontra durante todo o ano

Castagnaccio – doce à base de farinha de castanha, pinoli, passas, nozes e alecrim e castanhas, típico dos meses de outubro e novembro.

castagnaccio

Torta della nonna –  de origem aretina, a torta della nonna ,   ou a “torta da vovó”, é um dos mais tradicionais doces toscanos. A receita é bem simples e o doce é bem leve e delicado, com recheio cremoso e com pinoli e açúcar no topo.

torta-della-nonna

A torta della nonna é irresistivel! No topo, açucar e pinoli. E a maravilha é que a gente encontra essa gostosura durante todo o ano (foto divulgação)

Cenci – doce de carnaval, seria o equivalente à nossa mentira. A gente encontra nas confeitarias, restaurantes e supermercados apenas durante o período de carnaval.

Cantucci e vin santo – muito comum aqui na Toscana, esta dupla é inseparável!  Servida após as refeições, o cantucci,  também conhecido como “biscoito de Prato”, é crocante e feito com amêndoas.

vin-santo

O comum aqui é mergulhar o cantucci no copinho de vin santo, assim ele amolece um pouco. Mas cada um come preferir. Eu como os biscoitos e depois tomo o vinho 😉

E aqui alguns dos produtos da horta de cada estação :

Primavera – alho, aspargos, bietola,  rabanete, alcachofra , aspargos, couve-flor, cenoura, chicória, feijão, folhas verdes, repolho roxo, rabanete, espinafre, abobrinha

Verão –   alho,  cenoura, cebola branca, pimenta, milho, tomate, aspargos, abobrinha, beringela, cavalo, radicchio, rucula, pimentão, rabanete, radicchio, folhas verdes,  feijão, flor de abobrinha

Outono – Alho, aspargos, tartufo, espinafre, , castanha, limão, batata doce, rabanete, era-doce, funghi porcini, abobora, cavolini de bruxelas ,  espinafre,

Inverno – bietola, brocolis, chicória, abóbora , couve-flor, erva-doce, espinafre, abóbora, alcachofras, espinafre, erva-doce

 

 
Dicas de hotéis:  escolha seu hotel clicando aqui

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Pratos típicos da Toscana' have 9 comments

  1. 2 de outubro de 2016 @ 20:14 Alessandra Martins

    Ciao Denya
    Quando estive em Firenze,na casa do meu namorado,nunca faltava Cantucci e vin santo….doces memórias….bacione

    Reply

    • 2 de outubro de 2016 @ 23:39 Denya Pandolfi

      Ciao Alessandra, ah… na casa de um fiorentino nunca falta Cantucci e Vin Santo ;). Delícia, vero? Bacione cara, Denya

      Reply

  2. 3 de outubro de 2016 @ 17:27 Ana Luiza de Abreu Moreira

    Olá Dênia, tudo bem?
    Aqui é a Ana Luiza filha do Clóvis e da Ana Maria. Nós passávamos muitas férias em Guarapari, vc se lembra? Há quanto tempo, né?!
    Irei para Florença com meu marido e filhos (Duda 16 e Rafa 13 anos) no dia 12/10 (antes estaremos em Roma) e voltaremos no dia 17/10. É a primeira vez deles em Florença… Vc aconselha algum passeio pra adolescentes? E perto de Florença, tipo bate-volta o que vc acha mais compensador?
    Parabéns pelo blog, as dicas são ótimas e de muito bom gosto. Aprendeu bem a lição de casa…
    Sei que vc tem filhos e trabalho, portanto, não se preocupe conosco, mas querendo nos ver vai ser um prazer.
    Beijos

    Reply

    • 3 de outubro de 2016 @ 19:42 Denya Pandolfi

      Oi Ana Luiza, que maravilha saber que estão vindo pra cà! Te mando um email para combinarmos alguma coisa. Beijo pra vcs e até breve 😉 Denya

      Reply

  3. 4 de outubro de 2016 @ 23:23 Maria Glória D'Amico

    Fiquei com uma grande saudade da fiorentina. Tentamos faze em casa, maridex adora um churrasco, mas não fica igual. Denya, acredita que eu não provei a torta della nonna? Qualquer dia vou tentar fazer.
    Excelente post, como sempre! Deu saudades e vontades.
    Beijocas querida.

    Reply

  4. 25 de outubro de 2016 @ 20:40 Marcia

    Hummmm, quantas delícias. Fiquei até com fome agora!

    Reply

    • 25 de outubro de 2016 @ 23:21 Denya Pandolfi

      Ei Marcia,
      Muitas tentações… Se eu pudesse te enviaria um pouquinho dessas gostosuras. Forte abraço e obrigada pela visita! 😉 Denya

      Reply

  5. 6 de dezembro de 2016 @ 23:59 Grazie a te / Endereços de onde encontrar os maiores clássicos da cozinha toscana

    […] que muito tem a oferecer quando o assunto é gastronomia.  Já falei sobre a culinária local neste post e como tenho recebido solicitações de visitantes querendo dicas sobre os melhores locais […]

    Reply

  6. 28 de abril de 2017 @ 11:10 Grazie a te / Qual o melhor período do ano para visitar a Itália?

    […] Pratos típicos da Toscana […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.