dicas-de-roma

Bate-volta de Firenze a Roma

Dedicar apenas 1 dia para visitar Roma vai te deixar com gostinho de quero mais. Definitivamente não basta só 1 dia na Cidade Eterna! A primeira vez que estive em Roma, há quase 20anos,  passei 1 semana e não conheci tudo o que deveria. Ah, como foi bom poder explorar a cidade com calma!  Mas claro que nem sempre é possível.

roma

Voltei à Roma outras vezes e continuo me surpreendendo com sua irretocável beleza.  Estive em Roma recentemente para emitir meu passaporte brasileiro, já que não é possível fazê-lo aqui em Firenze, e passei um dia inteiro na cidade. Muita gente que vem aqui pra Toscana me pergunta se vale a pena fazer um bate-volta para Roma. Acho que sim, principalmente se você sair cedo e voltar no final do dia. Opte pelo trem direto:  saindo da estação Santa Maria Novella até Roma Termini, a viagem dura 1h32 minutos. Vou dividir o meu dia com vocês dizendo o que consegui visitar.

Desembarquei em Roma na estação Termini e dali mesmo peguei um ônibus até as proximidades da piazza Navona, num percurso que durou menos de meia hora. O consulado  fica na Piazza di Pasquino.  Peguei a minha senha e como tinha muita gente na minha frente e não queria perder tempo, saí para dar uma volta nas redondezas.

roma

Nos arredores do prédio onde fica o consulado a gente se depara com cantinhos cheios de charme, muitas lojinhas, bares e cafés tradicionais.

roma

comida-italiana

Depois de um cafezinho, fui fazer hora na Piazza Navona, que fica a uns 5 minutinhos do consulado.  Passei um tempo observando os vendedores de souvenirs, os moradores aposentados  – que pelo que pude perceber, se reunem ali diariamente para jogar conversa fora – e o grande vai-vem de turistas.

navona

A praça queridinha dos romanos. A piazza Navona é frequentada por intelectuais, artistas, jovens e muito amada pelas famílias romanas. Deixe-se envolver pela atmosfera do local!

A Praça Navona é  decorada com 3 fontes: a fonte do Mouro, fonte dos rios e fonte de Nettuno. Acolhe a ilha de Santa Inês, o Palácio Pamphili e a Embaixada Brasileira.

Roma

Adoro a energia dessa praça, circundada de bares e restaurantes com suas cadeiras posicionadas para a magnífica pizza Navona.

roma

DSC_0482

Arredores da Piazza Navona. A praça é rodeada de ótimas cafeterias e sorveterias

 

Depois de me infiltrar entre os turistas locais e perambular por cada cantinho da praça voltei ao consulado, dei entrada nos documentos e me falaram que eu poderia retornar às 14 horas para pegar os passaportes. Come já era  horário de almoço, escolhi um restaurante ali perto para almoçar, voltei para pegar os passaportes e segui em direção ao Pantheon.

pantheon

É originalmente politeísta, já que seu arquiteto, Marcus Agrippa, dedicou-o a uma série de deuses. Mas ao longo de seus mais de 2 mil anos de existência teve outras serventias religiosas – desde o século 7 é um templo católico – e passou por diversas transformações, parte delas devido aos incêndios que afetaram a edificação

O Panteão (Pantheon) é o monumento mais bem preservado da Roma Antiga, considerada uma obra da engenharia sem igual, com a maior cúpula de alvenaria jamais construída.  A entrada é gratuita.

pantheon

O templo e seu imenso salão circular

Depois do Panteão continuei a pé em direção à  Fontana de Trevi,  que é a maior fonte barroca da cidade.  A fonte passou por alguns restauros e o último foi em novembro do ano passado e está mais bela do que nunca!

fontana-trevi

Beleza que impressiona! Construída em 1762, a fonte é feita em mármore travertino e mármore de Carrara e é um dos maiores símbolos da Cidade Eterna

Uma das atrações mais disputadas é a Fontana de Trevi, sempre muito lotada de turistas. Segundo a lenda, jogando uma moedinha na fonte você garante o seu retorno à cidade. E na dúvida todo mundo segue à risca!

fontana-trevi

Admirável a grandiosidade e beleza de alguns monumentos, como a Fontana de Trevi, cenário de famosa cena do filme de Fellini, La Dolce Vita

Continuei meu passeio passando pelo imponente Altar da Pátria, construído em honra à Vittorio Emanuele II, o primeiro rei da Itália (que foi unificada em 1861).  De uma imponência quase assustadora, o monumento é controverso desde a sua construção,  pois foi necessário destruir grande parte do monte Capitolino, que guardava vestígios medievais para a sua construção. A atração tem um elevador panorâmico que leva até o terraço do prédio onde é possível apreciar diversas atrações da cidade.

Roma

O Monumento à Vittorio Emanuele foi inaugurado em 1911 mas a conclusão deu-se em 1935. A obra de 70 metros de altura é de mármore branco Botticino e dentre os apelidos que já recebeu estão elefante branco, máquina de escrever e bolo de casamento

A 5 minutos a pé do Vittoriano, estão o Coliseu e Fórum Romano, os  marcos do Império Romano. Apenas passei pelas atrações pois já havia visitado as 2 e o meu tempo começava a ficar mais apertado.

Coliseu

O Coliseu foi construído entre os anos 70 e 90 d.c. e é uma das 7 maravilhas do mundo moderno

O imponente Coliseu, ou Colosseo, é o maior símbolo de Roma.  Neste enorme anfiteatro eram organizadas lutas entre gladiadores e animais selvagens, como leões e leopardos e também rinocerontes, elefantes e crocodilos. Sua arena é de 85 por 53 metros e as lutas e os combates que aconteciam no local levavam o público ao delírio. Podia acomodar entre 45 e 55 mil espectadores. No começo da Idade Média o edificio deixou de ser usado para entretenimento passando a ser utilizado para habitação, oficina,  sede de ordens religiosas e templo cristão. Visitar o local e relembrar a sua história é emocionante! A entrada é grátis no 1º domingo do mês.

Coliseu-roma

O Coliseu, maior símbolo da cidade de Roma foi construído no período da Roma Antiga . Atualmente restam 2/3 da sua estrutura original

 

Roma

Pertinho do Coliseu fica o Arco de Constantino, inaugurado no ano de 315

 

Ruínas do fórum  – Este era o mais importante centro comercial da Roma Imperial e onde também funcionam os principais prédios burocráticos da cidade. Foi durante muitos séculos o centro da vida pública de Roma. Este era o local de cerimônias,  eleições,  debates, processos criminais e mercado.

forum

Depois de passear por esta região que abriga tanta riqueza da Antiguidade Romana,  solicitei o serviço dos rapazes que trabalham com as bicicletas e pedi que me levasse até a Piazza di Spagna. Paguei 10 euros e o percurso durou uns 10 minutos.

DSC_0534

Elegante, com lojas de grifes nas proximidades, a via dei Condotti, é a 5ª avenida de Roma

Piazza di Spagna é outra praça que desperta fascínio. Na primavera e no verão as flores ornam as escadarias e é um verdadeiro espetáculo! Mas devido aos trabalhos de restauração este ano a escadaria não vai ganhar flores.  Mas o cenário é belíssimo de qualquer jeito! A minha visita a esta maagnífica e mágica cidade terminou aqui na piazza di Spagna, de onde peguei um táxi para estação de trem para retornar para Firenze.

DSC_0540

No alto, a igreja Santissima Trindade dos Montes. e a fonte da Barcaccia (Barcaça) devido ao formato , em estilo barroco

piazza-spagna

 

E pra vocês, quais são as atrações imperdíveis na bela Roma?

 

Compre ingresso para as principais atrações de Roma:

Clique aqui para adquirir os bilhetes e saber mais detalhes.

 

 

 

Posts que podem interessar: 

Mercado Central de Roma

Bike  sharing em Firenze

Villa Bardini em Firenze

Agroturimo, uma forma simples e autêntica de hospedagem 

Pagar para sentar 

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Bate-volta de Firenze a Roma' have 18 comments

  1. 21 de abril de 2016 @ 18:31 Ana - voupraroma

    Adorei ver a versão contrária do Bate e Volta de Roma a Firenze… Ficou muito bom!
    Claro que Roma tem muitas coisas maravilhosas para se ver…Mas os turistas sempre querem ver aquelas mais importantes e famosas primeiro, isto é normal! E em um dia acho mesmo melhor focar nas atrações mais desejadas!
    bacio di Roma
    Ana

    Reply

    • 21 de abril de 2016 @ 18:36 Denya Pandolfi

      Oi Ana, isso mesmo… o negocio é se concentrar em apenas algumas atrações. E depois programar outra viagem e passar mais tempo, hihihi 😉 .Roma sempre deixa gostinho de quero mais, adoro essa cidade! Bacione, Denya

      Reply

  2. 22 de abril de 2016 @ 14:29 Tati

    Fiz isso no começo desse mês, fui à Itália por 10 dias e estava hospedada em Florença. Fiquei meio na dúvida se deveria fazer o bate e volta para Roma ou Assis. Acabei escolhendo Roma, que não conhecia. Adorei a cidade, é belíssima, limpa. Também gosto de não esgotar os passeios numa cidade para sempre querer voltar. Só entrei no Coliseu/Palatino/Foro Romano, e depois fui passeando pela cidade para ver o Pantheon, Piazza Navona, Fontana de Trevi e Boca de la Verita. Acho que foi quase o que vc colocou aqui. Dá pra fazer tudo a pé (de tênis, por favor), muito lindo.

    Reply

    • 24 de abril de 2016 @ 17:49 Denya Pandolfi

      Oi Tati, conseguiu passear bastante em Roma, é isso ai! Sempre digo isso: tênis, sempre. Bom mesmo não esgotar as atrações… assim a gente volta para conferir o que não conseguiu. E em cada viagem a gente vê a cidade com outros olhos, interessante demais. 😉 Obrigada pela visita e super beijo! Denya

      Reply

  3. 27 de abril de 2016 @ 20:23 Katia Holanda

    Adorei o Bate e Volta , ótimas dicas , ??

    Reply

    • 27 de abril de 2016 @ 22:08 Denya Pandolfi

      Oi Katia,
      Obrigada! Dá pra aproveitar um dia inteirinho em Roma, cidade maravilhosa, com tantas atrações interessantes!!! Ficará o gostinho de quero mais, rsrs. Abs, Denya

      Reply

  4. 29 de abril de 2016 @ 15:58 Luciana Rodrigues - Roma Pra Você

    Obrigada por compartilhar as dicas :-). Espero que possamos nos encontrar esse verão.

    Reply

    • 29 de abril de 2016 @ 22:22 Denya Pandolfi

      Obrigada pela participação Lu! Vamos combinar outro almoço neste verão? Você vai aparecer por aqui? Espero que anime! Devo ir à Roma em setembro. Bacione, Denya

      Reply

  5. 30 de abril de 2016 @ 00:11 ILMA MADUREIRA

    Gostei deste bate volta “ao contrário, vamos assim chamar.
    Realmente com pouco tempo é melhor concentrar as energia em poucos lugares.
    Tirando os “clássicos” – Coliseu, Vaticano, eu fico com as Piazzas que voce citou que adoro, o Pantheon e Galeria Borghese e seus jardins e a Fontana de Trevi (que ano passado quando estive em Roma ainda estava em obra) – motivo para voltar mais uma vez, claro.
    Parabéns pela fotos também. 😉

    Reply

    • 30 de abril de 2016 @ 15:55 Denya Pandolfi

      Oi Ilma, Roma é fascinante. Adoro suas praças! Obrigada pela visita… beijos! Denya

      Reply

  6. 30 de janeiro de 2017 @ 23:36 Grazie a te / Dicas de programas para quem visita Roma no inverno

    […] Guy. Como eu trabalhei na sexta, peguei um trem em Firenze no final do dia (neste post falo sobre bate e volta Firenze-Roma).  Portanto, o blogtour começou no sábado pra mim. De manhã participei de um café-da-manhã […]

    Reply

  7. 26 de março de 2017 @ 19:12 Grazie a te / A tranquilidade do burgo de Pitigliano, na Maremma toscana

    […] Roma– 105 Km […]

    Reply

  8. 18 de maio de 2017 @ 13:06 Grazie a te / Trastevere, o bairro mais autêntico e charmoso de Roma

    […] 1 dia em Roma […]

    Reply

  9. 6 de julho de 2017 @ 22:02 Adriana

    Olá Denya , em setembro estarei visitando a Europa pela PRIMEIRA veze dedicarei 3 dias para conhecer Roma.
    Vc poderia me dar dicas do que ver primeiro.
    Obrigada!

    Reply

    • 11 de julho de 2017 @ 23:16 Denya Pandolfi

      Oi Adriana, como vai?
      Acho que voce poderia começar pelo Coliseu, é de uma beleza que impressiona! Anote os locais e circule no mapa o que tem interesse de conhecer. Abraço e um excelente passeio!
      Abraços,
      Denya

      Reply

  10. 31 de março de 2018 @ 13:21 Grazie a te / Páscoa em Firenze e a antiga tradição da explosão do Carro

    […] Bate-volta de Firenze a Roma […]

    Reply

  11. 29 de abril de 2018 @ 10:29 Grazie a te / O Mercato Centrale Roma, excelente opção gastronômica na estação Termini

    […] Vale a pena fazer um bate e volta de Firenze a Roma? […]

    Reply

  12. 2 de setembro de 2018 @ 00:02 Grazie a te / Firenze é uma excelente base para explorar a famosa região da Toscana

    […] Bate-volta de Firenze a Roma […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.