DSC_1047

O que fazer em San Gimignano

Quer voltar no tempo e visitar uma cidadezinha da Idade Média?  Então inclua em seu roteiro a graciosa San Gimignano. O burgo, localizado no alto de uma colina, é um dos destinos preferidos na Toscana. E não é pra menos! Esse é um dos maiores exemplos de arquitetura medieval da Europa. O pequeno burgo conta com cerca de 7 mil habitantes e fica praticamente na metade do caminho entre Siena e Firenze, despontando como excelente passeio bate-volta para quem pernoita em uma dessas cidades, que são excelentes bases para quem quer girar pela Toscana.

san-gimignano

Disposta a 334 metros acima do nível do mar,  proporciona um panorama incrível de todo o Val d’Elsa. A cidade é circundada por muralhas medievais e no centro apenas pedestres e automóveis autorizados podem circular . E passear pelas suas ruelas e admirar suas bem conservadas construções nos faz voltar no tempo. Os turistas se deleitam com suas belezas e com peculiaridade das construções.

san-gimignano

Natureza que enaltece ainda mais o vilarejo. San Gimignano é uma cidade romântica e cheia de charme e história

 

san-gimignano

 

De origem etrusca,  esse pequeno vilarejo  teve seu auge na Idade Média graças à via Francigena, que atravessa a cidade, rota dos religiosos entre a França e Roma. A via Francigena, junto à Santiago de Compostela e Terra Santa, eram as 3 maiores vias de peregrinação da Europa. A cidade tornou-se referência para os mercantes e viajantes em busca de hospedagem e auxílio. Neste período também floresceram obras de arte que adornam prédios, igrejas e conventos.

DSC_1049

San Gimignano é conhecida como a Manhattan da época medieval. Isso porque na Idade Média existiam na cidade 72 torres, que foram construídas nos séculos 12 e 13 pelas famílias abastadas  que queriam ostentar riqueza e  poder.  Hoje em dia apenas 13 torres continuam erguidas mas é possível visitar apenas 1 delas, e é a que fica ao lado do Duomo da cidade, na praça Duomo. No local onde existiam as torres é possível observar as construções que trazem fachadas distintas. Onde antigamente existia uma torre agora a fachada  é com  paredes de travertino.

san-gimignano

san-gimignano

No século 14 a peste negra assolou a cidade matando mais de metade da população. A cidade ficou abandonada por séculos e talvez por isso sofreu poucas modificações

Em 1990 San Gimignano foi declarada  Patrimônio Mundial da Unesco. A cidade pertence à província de Siena e oferece um rico passado e arquitetura deslumbrante, com construções medievais caracterizadas por casas-torre ainda muito bem preservadas.

DSC_1028

Toscanaitalia

Atrações

Porta San Giovanni – a Porta de San Giovanni  foi concluída em 1262 e é a principal entrada da cidade. A rua é repleta de lojinhas, bares e bodegas de enogastronomia com produtos típicos. Você vai encontrar muitos artigos de couro, cerâmica, madeira, vinhos, azeites, artigos em papel e madeira.

DSC_1052

 

Praça Cisterna – é a praça mais linda da cidade que tem um poço na área central que foi projetado em  1287 e que dá nome ao local. Claro que você vai passar por aqui durante o seu passeio pela cidade, afinal, o vilarejo é pequeno. A praça é um local animado e cheio de vida onde turistas e moradores se encontram para bater papo e apreciar o vai-e-vem dos passantes e admirar as amenidades das construções que a circundam.  A praça abriga alguns restaurantes e sorveterias. Inclusive é ali a excelente gelateria  Dondoli. O sorvete deles que ganhou por diversos anos o prêmio de gelato mais gostoso do mundo. E o mentor disso tudo, o senhor Sergio Dondoli, entende não apenas de sorvete mas também de marketing.  Vocês acreditam que ele fica na porta da sorveteria cumprimentando e tirando foto com todo mundo da fila? É uma personagem  famoso e muito simpático!

dondoli

Hora de degustar esse irresistível gelato na piazza della Cisterna

 

Duomo di Santa Maria Assunta – conhecido como Collegiata di San Gimignano,  o duomo da cidade é uma igreja românica que guarda afrescos maravilhosos do século 14. A Catedral de segunda à sábado, das 10 àas 17h e aos domingos  as 12h30 às 17h (é preciso adquirir ingresso para visitar a igreja).

duomo-san-gimignano

O Duomo di Santa Maria Assunta

Musei Civici – Palazzo Comunale, Pinacoteca e a Torre Grossa – o Palazzo Comunale ou Palazzo del Popolo  abriga o museu Civico e é um dos mais importantes prédios da cidade. Foi construído entre 1289 e 1298 e é decorado com uma famosa coleção de afrescos.  Neste complexo ficam a Pinacoteca e a Torre Grossa, conhecida também como Torre del Podestà, que é a única visitável. Do alto de seus  54 metros proporciona uma vista  em 360º de tirar o fôlego!  Foi construída entre 1300 e 1311.  Você adquire os ingressos para essas atrações  na praça do Duomo.

 

Museu Arqueológico – em um antigo convento você vai poder conferir uma pequena coleção de artefatos etruscos, que foi a primeira civilização a ocupar o burgo.

Igreja de Santo Agostinho –  as obras de construção da igreja começaram em  1280. Com sua fachada bem simples e com arquitetura em estilo românico  e gótico, a pequena igreja apresenta muitos afrescos feitos por Benozzo Gozzoli que representam episódios da vida de Santo Agostinhoe. Ela guarda os restos mortais de São Bartolo.

Rocca di Montestaffoli – Vale a pena chegar até a fortaleza para admirar lá do alto toda a cidade. A vista lá de cima é deslumbrante! O acesso até o local é através da Praça dell’Erbe. 

vernaccia

E que tal degustar um Vernaccia, o excelente vinho branco da cidade?

 

Festa medieval – Sempre no 3º final de semana de junho acontece o festival Ferie delle Messi, realizado pela associação “I Cavalieri di Santa Fina”, uma viagem ao período dos cavaleiros. Canções, danças, mercado medieval, cavaleiros armados e um cortejo histórico,  com mais de 500 personagens que representam a relação entre a terra e a fertilidade.  Autêntica atmosfera medieval que pode dar um plus à tua viagem nesses dias de festa!

feriedellemessi

Um retorno à Idade Média

Como chegar:

Ônibus – Existem ônibus saindo da estação  ferroviária  Santa Maria Novella a cada hora, da BusItalia Nord Company. Você pode adquirir o bilhete na própria estação  ou em um tabacchi (onde vendem cigarro). São necessários 2 ônibus: o trajeto é apenas até Poggibonsi e dali você vai precisar pegar outro ônibus (133 ou 130) que te conduzirá até o Piazzale San Giovanni, onde fica a porta principal da cidade, San Giovanni. Todo o percurso dura cerca de 90 minutos. Atenção pois os horários sofrem alterações durante as estações do ano.

Carro: De carro, saindo de Firenze,  pegue a A1 saída “Firenze – Impruneta” . o percurso dura 1h e a estrada é a FI-SI, veja o cartaz saída Poggibonsi Nord depois sigam os cartazes San Gimignano. Chegando na cidade busque pelos estacionamentos fora do centro histórico, pois não é  possível entrar de carro na parte murada. A vantagem de explorar a região de carro é que, além de ser mais rápido e cômodo,  você vai poder parar quando quiser para apreciar e fotografar a paisagem que é maravilhosa!

Trem – San Gimignano não conta com estação ferroviária, mas voce pode ir de trem até Poggibonsi e de lá pegar um ônibus. O percurso de trem saindo de Firenze dura 1h15 minutos. Depois em Poggibonsi você pode pegar os ônibus 133 ou 130 para San Gimignano. São  12  Km num percurso que dura cerca de 20 minutos. Em San Gimignano você desce na Piazzale San Giovanni e dali já pode começar explorar a cidade.

 

Distâncias:

Firenze  – 62 Km (o trajeto de carro dura cerca de 1 hora)

Pisa – 79 Km

Cortona – 120 Km

Monteriggioni –  25 Km

Siena– 45 Km

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'O que fazer em San Gimignano' have 2 comments

  1. 6 de junho de 2017 @ 12:53 Tati

    Adorei essa cidade. Pra mim, só sentar na praça, tomar um vinhozinho e ficar no clima, observando, já faz o passeio. Visitei a Duomo com audioguia e foi muito legal. Fui numa segunda, museus fechados, mas a duomo estava aberta. Quero voltar com certeza, levando meus filhos, pois acho que a cidade é excelente para crianças.

    Reply

    • 8 de junho de 2017 @ 08:58 Denya Pandolfi

      Oi Tati, verdade… só de estar ali rodopiando sem destino pela cidade já vale o passeio! Volte mesmo com as crianças, com certeza também irão curtir bastante. Bacione, Denya 🙂

      Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.