DSC_0403

Sorano, na Maremma toscana

Tive uma grata surpresa quando deixamos Pitigliano e seguíamos para Saturnia. Estávamos de carro e de repente vimos esta fortaleza de pedras em nossa frente: “Sorano”, informava o cartaz (eu nunca tinha nem ouvido falar do lugar).  Como precisávamos esperar dar o horário para chegarmos ao nosso destino decidimos estacionar o carro para explorar o vilarejo.  Sempre digo que, quem pode, precisa viajar sem muita programação porque poderá encontrar pelo caminho lugarzinhos atraentes para um pitstop.

Sorano

Sorano , província de Grosseto, é conhecida como Città del Tufo, assim como Sovana e Pitigliano

Deixamos o carro na estrada,  pertinho do burgo medieval, que ficava na parte mais baixa, com suas casinhas em pedra coladinhas umas com as outras.  Desci sozinha para explorar aquele cantinho que mais parecia cenário de  um filme medieval. Eram quase 17 horas e o silêncio imperava. Parecia uma cidade fantasma. Caminhei por quase meia hora pelos becos e não vi nem mesmo 1 pessoa por ali.  Percebi em uma das casas a luz acessa de um abajur na sala que atiçou a minha curiosidade em relação aos moradores daquele pequeno vilarejo. Imaginei um casal de noninhos no aconchego do lar num dia frio de outono. Me aproximei da casa e senti um cheiro de lenha que queimava – e se me meu faro não erra, alguém estava tostando castanhas no fogão a lenha. Difícil descrever a sensação que provei naquele momento. Comecei a imaginar que as pessoas que ali moram talvez nunca tenham saído do vilarejo e seguem, dia após dia, na tranquilidade e na paz que o lugar oferece.  Caminhei até o final do beco, dei meia volta e retornei para a parte alta da cidade.
Sorano

A serenidade do burgo. Tão bom passear pelos becos admirando as casas de pedras… não vi nem mesmo 1 pessoa em todo o tempo que estive ali

Dali pegamos o carro e após superarmos uma curva descobrimos a parte mais “nova” da cidade, onde em praticamente 2 ruas, separadas por um canteiro, estavam algumas bodegas, bares e lojinhas da cidade. Mas tudo com jeitinho de outros tempos…  e como não podia deixar de ser,  moradores que conversavam entre si.
sorano–italia

Sorano tem cerca de 3.500 habitantes e tenho quase certeza que todos se conhecem!

Sorano-maremma

Que satisfação ver uma cidade tão limpa e organizada, com tudo em seu devido lugar

Como o nosso tempo era limitado não pudemos conferir as atrações da cidade, como a Fortezza Orsini, o Palazzo Comitale, o parque arqueológico e o Museu Medieval e do Renascimento. Inclusive tem um passeio que deve ser muito interessante que permite ao visitante explorar a parte subterrânea da cidade.

Passeamos um pouco na rua principal da cidade e depois fomos até um bar tomar um café antes de seguir viagem. E o que chama a atenção nessas minúsculas cidades é o estilo de vida simples. Reparei que os carros que circulavam haviam no mínimo uns 10 anos! E pra que trocar se não estão dando problema? Muitos italianos pensam dessa forma (e eu depois que vim morar aqui na Itália até mudei o meu ponto de vista e comportamento em relação ao consumismo desenfreado desnecessário dos nossos tempos). A acolhida nas lojinhas e mesmo pelas ruas era sempre com um sorriso. Aqui ainda é escrito a mão o cartaz que informa o horário de funcionamento da bodega.  A expressão de serenidade que vi estampada no rosto dos moradores me contagiou.

DSC_0397

Vista deslumbrante através dos arcos medievais

sorano

A Fortezza Orsini é um dos locais de visitação . O complexo fortificado domina a paisagem da cidade, que assim como muitas outras cidades toscanas sofreu assédios e invasões

sorano

O Masso Leopoldino, estrutura fortificada que faz parte do sistema defensivo do burgo

sorano

Sorano é de origem etrusca e foi construída sobre rochas vulcânicas. A cidade é definida como a Matera Toscana devido às suas características urbanísticas

Mais do que falar sobre Sorano, queria registrar as prazerosas sensações que uma visita a um lugar pode causar, mesmo que seja quase impossível verbalizar tais sentimentos. E isso independe se diante de seus olhos está o magnífico Coliseu de Roma ou um vilarejo praticamente deserto, descoberto por acaso (que você começa a explorar sem nem mesmo lembrar de como se chama). Como é bom viajar com o espírito livre para absorver o que de melhor um lugar tem a oferecer, por mais simples que possa parecer!



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Sorano, na Maremma toscana' have 4 comments

  1. 22 de janeiro de 2016 @ 15:16 Tatiane Matos Ribeiro

    Olá, amei o blog. To lendo todo dia um pouquinho. Em maio estou indo para a Italia e ficarei 3 dias em Veneza, 3 em Florenca, 3 em Roma e 5 na Toscana. Ficaremos num agriturismo chamado “Valdonica Winery Vineyard Residence, Via Dogana, 1, 58037 Sassofortino GR”. Não encontrei muitas informações sobre os arredores desse lugar, mas sei que é perto da Maremma. Você tem alguma informação a me acrescentar? Tô com medo de ser muito fora de mão para conhecer lugares desconhecidos tipo esse que voce colocou no post. Te agradeço pela atenção, obrigada!

    Reply

    • 23 de janeiro de 2016 @ 19:15 Denya Pandolfi

      Oi Tatiane, td bem? A Toscana é pequena e de carro vocês poderão ficar sossegados. A Maremma é a região que fica ao sul da Toscana. Postei sobre Pitigliano que tb è na mesma area. As cidades ali são menores e o hotel de vcs fica em Grosseto. Td depende do tipo de viagem que vcs buscam. Abs e ótimo passeio, Denya

      Reply

      • 24 de janeiro de 2016 @ 16:53 Tatiane Matos Ribeiro

        Obrigada pela resposta Denya!! Tô cada dia mais apaixonada pelo seu blog!!! Minha leitura obrigatória todo dia. Buscamos uma viagem bem tranquila, pois será nossa lua de mel. Vou continuar pesquisando sobre os arredores do nosso hotel, que também me apaixonei quando vi, pois amo vinho! Beijo enorme

        Reply

        • 24 de janeiro de 2016 @ 22:33 Denya Pandolfi

          😉 Com certeza a viagem será maravilhosa!!! BAcione bella, D

          Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.