veneza

Um passeio por Veneza

Veneza é única, linda, romântica e encantadora! São muitos os adjetivos para definir esta cidade formada por mais de 100 ilhotas e que fascina e impressiona multidões!  Já estive em Veneza outras vezes e voltei agora no início da primavera com a minha família. Foi uma experiência mais enriquecedora, pois passamos alguns dias explorando cada cantinho com mais calma e atenção.

veneza

Veneza é situada sobre um grupo de 117 pequenas ilhas, separadas por canais e ligadas por pontes, que contabilizam cerca de 400! Está ligada ao mar Adriático por 3 aberturas e a parte da cidade em terra firme está na localidade de Mestre

Localizada na Lagoa de Veneza, é uma das cidades mais exclusivas e originais do mundo! Formada por centenas de ilhas, Veneza apresenta diversas pontes, por onde transitam gôndolas e traghettos. A cidade  surge sobre as águas da laguna e é mantida por estacas que foram encravadas no terreno. Imaginem que ao invés de ruas existem canais e ao invés de carros, embarcações. E é o maior vai e vem de barcos!  Praticamente toda a cidade depende de embarcações para funcionar: transporte para a população e abastecimento, barcos que transportam mudanças, polícia, ambulância, táxi.

venezia

A instalação de quase 9 metros do artista Lorenzo Quinn, para chamar a atenção da população sobre as questões do aquecimento global. A obra ficou até o inicio de maio no Canal Grande

 

gondola

A gondola é um dos símbolos da cidade e das melhores pedidas para os visitantes. Aqui os turistas curtem um passeio no sestiere de Cannaregio

Veneza é a capital do Vêneto e no seu centro histórico vivem cerca de 53 mil habitantes (cerca de 81  mil se consideramos também as ilhas), mas os números caem a cada ano. Os venezianos me disseram que a cidade perdeu um pouco da sua essência e que atualmente  encontram dificuldades para manter vivas as suas tradições.  A cidade tem sofrido o grande assédio de turistas e os órgãos públicos vêm fazendo muitos apelos para conscientizar os frequentadores sobre a boa conduta, cuidados e preservação da cidade.  E é nossa obrigação respeitar e ajudar a manter esse lindo patrimônio.

veneza

A Basílica de Santa Maria della Salute, na Punta della Dogana, costruída para celebrar o fim da peste. Foi construída entre 1631 e 1687

mascaras-carnaval

Artesão produzindo as tradicionais máscaras de Veneza

 

Sestieri-Venezia

Mapa da cidade com os 6 sestieri de Veneza

A senhoril Veneza divide-se em 6 bairros, ou seja, sestiere, cada um com suas próprias características. Em breve falarei mais especificamente sobre eles. Neste post vou falar sobre as principais atrações que você vai encontrar em cada um dos bairros:

San Marco 

Seu nome deriva da Basílica de São Marcos e este é o coração da cidade e sem dúvida o bairro mais conhecido pelos turistas. Geralmente é daqui que os turistas começam a explorar a ilha. Reúne atrações como a Basilica di San Marco, o Campanario di San  Marco (tem 99 metros de altura e de onde tem-se uma vista espetacular da cidade) , o Palazzo Ducale, a Ponte dos Suspiros  (construída entre 1600 e 1603, fica perto da Praça Sao Marcos e liga o Palazzo Ducale às Prigioni Nuove, o primeiro edifício no mundo que foi construído para ser uma prisão) , a  Torre do Relógio (construida entre 1496 e 1499) e o Palazzo Ducale.

 

praça-san-marco

San Marco é o centro político e legislativo da cidade desde a República e é o maior espaço aberto de Veneza, que abriga a Basílica, que é uma suntuosa construção e um dos principais cartões-postais da cidade

 

basilica-san-marco

O interior da Basílica de São Marcos, em estilo bizantino. A igreja tem mais de mil anos e é o resultado de quatro igrejas anteriores

 

basilica-san-marco

A igreja possui uma grande cúpula central e quatro cúpulas menores. Os mosaicos da basílica são de uma riqueza que impressiona! Representam a vida e a obra de Cristo

 

piazza-san-marco

Os concertos no elegante Caffè Florian, na Piazza San Marco. Inaugurada em 1720, esta é a mais antiga cafeteria da Europa e merece uma visita, é um deslumbre!

San Polo

Apesar de ser  o menor bairro da cidade, é repleto de atrações, bodegas e osterias. É aqui que encontramos a Ponte di Rialto, cuja construção começou em 1588, e o Mercato di Rialto, o típico mercado de peixe e verdura e o mais importante da cidade. O quarteirão recebe este nome devido à igreja e ao Campo  San Polo, a maior praça de Veneza, depois da de São Marcos.

rialto

O Canal Grande que tem mais de 4 Km de extensão

 

rialto- veneza

Construída em 1181, a Ponte do Rialto é a ponte em arco mais antiga e mais famosa sobre o Canal Grande

 

san-polo

O Campo San Polo, ou Praça San Polo

A Praça San Polo abriga a igreja homônima. Outra igreja que merece uma visita é a de San Giacomo di Rialto, considerada a mais antiga da cidade. Em San Polo estão presentes importantes atrações, como as Scuola Grande di San Rocco, que contém uma maravilhosa coleção de arte com obras de Tintoretto, que decorou seus tetos e paredes por mais de 20 anos, e a Scuola di San Giovanni Evangelista, fundada em 1261.

Scuola_Grande_di_San_Rocco_(Venice)_-_Il_Salone_Maggiore

A Scuola Grande di San Rocco (foto divulgato Wikipedia)

Castello

Situado na parte leste da ilha, o sestiere de Castello é o maior da cidade e mais residencial e é o único que não é voltado para o Canal Grande. Seu nome deriva de um forte medieval onde o bairro desenvolveu-se.  Castelllo é uma das áreas mais verdes da cidade, com jardins arborizados e excelente área para recreação de crianças.

castello-veneza

Um passeio pelo bairro vai te levar ao encontro do famoso Arsenale (um grande canteiro naval fundado em 1104, atualmente sede do Museu Naval) e da Biennale di Venezia, instituição que organiza o Festival de Cinema de Veneza.

Castello

Dentre os prédios mais importantes estão a Basilica dei Santi Giovanni e Paolo,Chiesa di Santa Maria Formosa, Fondazione  Querini Stampalia, Museo di Palazzo Grimani,  Monastero di San Francesco della Vigna e a  Riva degli Schiavoni, um excelente local para passeio à beira mar,  com menor concentração de turistas.

 

Castello

O sestiere de Castello é o bairro mais distante da estação, a pé você vai gastar cerca de 40 minutos para chegar (linhas 4.1 e 5.1 do vaporetto).

 

Dorsoduro

Ligado ao sestiere de San Marco através da Ponte dell’Accademia, este é o bairro mais boêmio da cidade, que costuma atrair artistas, intelectuais e estudantes. Área rica de museus, igrejas e palácios, apresenta uma atmosfera mais nostálgica e muitas atividades culturais.  Para os visitantes, são muitas as atrações, como a  Galleria dell’Accademia a Collezione Peggy Guggenheim, no Palazzo Venier dei Leoni, o  Museo di Arte Contemporanea di Punta della Dogana, a Galleria di Palazzo Cini  e Ca’ Rezzonico, prestigioso palácio veneziano de frente ao Canal Grande e sede do Museo Del Settecento. Dentre as igrejas do bairro, Chiesa dei Gesuati, com obras de Tiepolo e Tintoretto, Chiesa di San Sebastiano, em estilo renascentista e famosa pelas obras de Veronese, a Chiesa di San Trovaso e a Chiesa dei Carmini.

dorsoduro

 

Perto da Universidade de Veneza está o Campo Santa Margherita, um dos locais mais movimentados do bairro.  Rodeada de restaurantes e barzinhos, é a praça onde as famílias passeiam e onde acontecem os mercadinhos.

 

campo-santa-margherita

O Campo Santa Margherita

 

Dorsoduro

Proximidades do Campo San Barnaba, onde está a Igreja de San Barnaba, outra atração de Veneza

É em Dorsoduro que está a linda basílica Santa Maria della Salute, monumental igreja barocca, na Punta della Dogana.

santa-maria-della-salute

A construção da igreja começou em 1631 e foi realizada pelo arquiteto Longhena

 

Cannaregio

Este foi o bairro que escolhemos para nossa hospedagem.  O sesteiro di Cannaregio estende-se do Canal Grande até a Laguna e  fica na parte norte da cidade,  uma região mais tranquila,  bem menos turística e mais autêntica.  Nesta região fica a estação ferroviária de Veneza Santa Lucia. É repleto de vielas, bodegas, ateliês, restaurantes e bares.

 

cannaregio

No bairro de Cannaregio, um restaurante na “fondamenta”, que é um calçadão que beira um canal ou um rio

Uma atração famosa do bairro é o gueto hebraico, que é o mais antigo do mundo e possui 5 sinagogas.

ghetto-venezia

Campo di Ghetto Nuovo, praça onde podemos observar os judeus em sua vida cotidiana

Uma das atrações mais visitadas do bairro é o Ca’ d’Oro, um dos mais lindos palácios do Canal Grande, perfeito exemplo do gótico veneziano. Cannaregio tem importantes e bonitas igrejas dentre elas a  Chiesa della Madonna dell’Orto, igreja gótica que abriga obras de Tintoretto, a Chiesa di Santa Maria dei Miracoli, exemplo de arquitetura renascimental veneziana e a Chiesa degli Scalzi, perto da estação.

Campo-santi-aspotoli

Campo Santi Apostoli e a igreja dei Santi Apostoli

 

Neste parte da cidade encontram-se as Fondamente Nuove, de onde partem os traghettos para outras ilhas,  como Burano e Murano.

 

Santa Croce 

É neste bairro  que fica a estação de ônibus e é a única parte da cidade onde circulam carros. Inclusive na Piazzale Roma é onde você encontra estacionamento na cidade, mas é bem caro!  Passei pouco tempo neste sestiere, que é o menos turístico de Veneza.  e o cantinho da cidade com restaurantes mais econômicos.

dorsoduro

Dentre as atrações do bairro estão a Chiesa di San Giacomo dell’Orio, a igreja de San Stae,  o Fondaco dei Turchi,  um palácio medieval que se debruça sobre o Canal Grande e que abriga o Museu de Historia Natural e os lindos prédios, o Palazzo Mocenigo  (excelente pedida para os interessados por história da moda, pois ali estão expostos  vestidos autênticos do século 18)  e a Ca’ Pesaro, sede permanente da Galeria Internacional de Arte Moderna, rica em obras dos séculos 19 e 20.

santa-croce

A Igreja de San Simeone Piccolo, vista da estação ferroviária de Santa Lucia

 

venice-sestieri

 

Gastronomia em Veneza

A gastronomia local é outra atração! Muitos pratos são à base de frutos do mar. Se quiserem experimentar algo típico, optem pelo bacalhau amanteigado, Sarde in saor (sardinha preparada com cebolas refogadas com azeite e vinagre), Bigoli in salsa (à base de cebola e anchovas), scampi  in busera (espagheti com camarão e molho de tomate), polenta,  spaghetti al nero di seppia,  fegato alla  veneziana (fígado preparado com cebolas). O Veneto é uma região que produz excelentes vinhos e claro, o Prosecco. E os locais onde você vai encontrar muitas das gostosuras dessa terra são os bacari, que são bares típicos que servem quitutes, as pequenas osterias.  E não deixem de aprender o significado da palavra “cicchetto“, ou finger food, que são os belisquetes para acompanhar as bebidas.  Ah, e por falar em drink,  vá de Spritz, a bebida da região!

 

Transporte 

Existem tarifas válidas para 1 dia, 2, 3 ou 7 dias, com direito a usar onibus e vaporetto, válido inclusive para Burano e Murano. Para informações sobre transporte na cidade, clique aqui e veja rotas, horários e valores.

Hospedagem

Eu escolhi hospedagem no sestiere de Cannaregio. Foi a primeira vez que fiquei hospedada em Veneza. Nas outras vezes busquei hotel em Mestre, o que acho que não vale a pena, pois Veneza oferece muitas opções de hospedagem  não apenas em hotel mas também em apartamento, que geralmente fica bem mais em conta.  Fiquei no apartamento Grand Canal 3 (Belvedere). O que me atraiu quando estava buscando acomodação foi a vista da sala que dá pro  Canal Grande.

 

finestra-venezia

A vista do apartamento onde ficamos hospedados

Fiz a reserva através da Juice Glam /Faville Tours , que me ofereceu 10% de desconto, portanto, as 2 noites para a minha família (2 adultos e 2 crianças) ficou por 330, euros. Gostei muito da localização do apartamento mas sinceramente esperava um local um pouco mais charmoso e aconchegante. A empresa possui diversos outros apartamentos distribuídos por todos os bairros da cidade.

Adquira seu ingresso para as principais atrações de Veneza sem impressão e sem fila.

É só clicar aqui  para comprar o seu bilhete! 

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Um passeio por Veneza' has no comments

Be the first to comment this post!

Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.