vino-sfuso

Vino sfuso

A Itália tem uma variedade enorme de vinhos que podem ser adquiridos em restaurantes, supermercados ou nas várias bodegas espalhadas por todo o território. Mas existe uma outra forma de adquirir o produto que eu não conhecia até vir morar aqui: comprando praticamente direto do consumidor, nas lojas especializadas que representam diversos rótulos, com um toque artesanal e a um preço bem mais acessível. Este é o vino fuso (vinho não engarrafado).

 

sfuso

 

Funciona da seguinte maneira: você leva a sua própria garrafa, escolhe o vinho de sua preferência entre a infinidade de possibilidades armazenadas nos barris e paga um valor muito mais em conta do que se fosse comprar o produto engarrafado  em outras prateleiras. Uma maneira interessante e econômica de experimentar os vinhos da regiāo e uma boa pedida para acompanhar as refeições do dia-a-dia.

vinho-italia

Vinhos a um preço mais baixo. O vino sfuso é vendido a “granel”

O vinho sfuso é tradicionalmente conhecido como o que vem de uvas de qualidade inferior, para serem consumidos frescos e mais rapidamente, pois não contêm conservantes. O melhor da seleçāo das uvas vai, sim, para as garrafas, mas isso nāo significa que você nāo vai encontrar excelentes vinhos nas casas que oferecem sfuso.

vino-sfuso

O vinho armazenado é retirado dessas máquinas que lembram aquelas de chopp

A forma de conservaçāo é um fator importante e em todos os estabelecimentos existem máquinas que ajudam a manter o vinho nas temperaturas ideais.

vinho-da-casa

Ecologicamente correto – o cliente leva as suas próprias garrafas, de 1, 2 ou 5 litros e escolhe o vinho que quiser para levar pra casa. Mas os estabelecimentos também disponibilizam embalagens descartáveis de papel e de vidro

vino-sfuso

Atualmente existe uma enorme variedade de sfuso, incluindo prosecco sfuso e rosé sfuso, todos a preços bem acessíveis

Muito comum encontrarmos o vino sfuso sendo vendido como o vinho da casa (house wine ou vino della casa) nas trattorias e pizzarias locais.

 

vinho-da-casa

Geralmente os locais vendem também produtos típicos toscanos como as saborosas geleias que podem ser combinadas aos diversos queijos italianos, conservas e os patês para preparar os famosos “crostini” – delícia pura!

 

O italiano Andrea Dellacasa do blog Gli Amici del Bar expõe o seu ponto de vista que nos ajuda a compreender a paixāo dos apreciadores deste costume: “São tradições que não se perdem no tempo, aliás, muito frequentemente vêm reforçadas. Sempre me pergunto o que leva as pessoas a comprarem vinhos para serem engarrafados ao invés de preferir a cômoda, prática e já pronta garrafa. Certamente o aspecto econômico é o fator determinante, pois alguns frascos custam cerca de um euro. Mas me convenci que não é apenas isso,  acredito que tenha algo implícito que vá além do contexto financeiro. Talvez a vontade de continuar ligado às lembranças, a um tempo que passou ou à ideia genuína de engarrafar o vinho de forma caseira. E precisamos considerar que o vinho que você mesmo engarrafa pode ser considerado muito mais o teu próprio vinho”.



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Vino sfuso' have 12 comments

  1. 10 de janeiro de 2014 @ 11:46 Anônimo

    A Itália realmente deixa a gente muito mal acostumado! Vinho bom e barato! Assim fica difícil não seguir a receita médica de um copo por dia! 🙂 hehe!

    Reply

    • 10 de janeiro de 2014 @ 11:47 Anônimo

      Foi como anonimo, sem querer! É a Babi! 😉 baci

      Reply

      • 10 de janeiro de 2014 @ 16:40 Denya Pandolfi

        Queridona! Isso mesmo Babi, a gente fica mal acostumada… E com as comidinhas tb não é diferente, rsrsrsrs…obgda por participar. Beijo e um lindo finde! D

        Reply

  2. 14 de janeiro de 2014 @ 01:55 Anônimo

    Ola Denya,
    Chegou chegando…
    Nem descansou da viagem,heim?
    Bom assim. .
    Bjs

    Reply

    • 14 de janeiro de 2014 @ 10:23 Denya Pandolfi

      Exatamente. E nada de descanso…não posso perder o pique, rs… Um Bj, D

      Reply

  3. 12 de abril de 2016 @ 07:33 Josiane

    Olá, vou para Itália fim de abril com meu marido e mais dois casais. Gostaríamos muito de fazer o tour do prosecco como um “bate-volta” partindo de Veneza, porém com algum motorista particular, para podermos beber e voltar em segurança.

    Você me indica alguém por lá que faça esse tipo de passeio? Através da internet consegui uma agência de turismo, mas não gostei da proposta, pois além de caríssima, não concentrava na visitação ás vinícolas, e sim em passeio pela região, pontos turísticos e somente uma vinícola.

    Ou seja, não é o perfil de passeio que queremos. Se for para visitar pontos turísticos não teria sentido sair da Linda Veneza cheia de cantinhos charmosos, não é mesmo?

    Se tiver indicação de alguém, que faça esse tour privado para 6 pessoas, favor me enviar o contato pelo email josisara@hotmail.com

    Muito obrigada,

    Josiane

    Reply

  4. 10 de setembro de 2016 @ 21:36 Grazie a te / Menu do dia – dicas para não gastar muito na Itália

    […] que acompanham o menu do dia são água e vinho da casa, que são os mais em conta (saiba mais aqui). Lembre-se que aqui na Itália cerveja e refrigerante encarecem consideravelmente a conta.   […]

    Reply

  5. 29 de junho de 2017 @ 14:49 Grazie a te / Food tour na boemia região do Oltrarno, em Florença

    […]  O vino sfuso ajuda a manter  as  antigas tradições e faz parte da cultura da cidade. O  vinho sfuso  não podia faltar no nosso tour e a nossa parada foi no I’ Vinaino, um desses […]

    Reply

  6. 29 de abril de 2018 @ 17:34 Grazie a te / Aperitivo: você paga um drink e se serve no buffet

    […] Vino sfuso, o vinho da casa […]

    Reply

  7. 29 de junho de 2018 @ 10:54 Grazie a te / Dicas sobre como aproveitar Firenze com as crianças

    […] Vino sfuso, o vinho da casa […]

    Reply

  8. 13 de setembro de 2018 @ 22:35 Grazie a te / Endereços de onde encontrar os maiores clássicos da cozinha toscana

    […] Vino sfuso, o vinho da casa […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.