Cappella Brancacci de Firenze

Fundada no final do século 14, a Cappella  Brancacci, que fica dentro da igreja de Santa Maria del Carmine, guarda verdadeiras obras da pintura do Renascimento italiano.

Carmine

A igreja foi construída em 1268 como parte do Convento Carmelita. Pouco ficou da estrutura antiga e principalmente devido a um incêndio no ano de 1771 que destruiu grande parte do edifício original

 

chiesa-del-carmine

Interior da igreja del Carmine, em estilo barroco. Foi reconstruída internamente em 1782, pelo arquiteto Giuseppe Ruggieri, onde colaboração dos pintores Giuseppe Romei e Domenico Stagi

 

Cappella-Brancacci

O pátio da Capela Brancacci, ao lado da igreja del Carmine

Localizada no bairro do Oltrarno de Firenze,  a pequena capela funciona como um museu e reúne obras de Masaccio, Filippino Lippi e Masolino.  Foi fundada por Pietro Piuvichese Brancacci em 1367.  Antônio Brancacci inicou uma série de trabalhos na capela em 1387, mas foi Felipe, em 1423,  rico mercante da família, que encomendou à Masolino a decoração dos afrescos para ilustrar a vida de São Pedro. A Capela Brancacci guarda tesouros do Renascimento feitos por Masaccio, que foi o primeiro mestre da Renascença italiana. Ele foi um dos primeiros artistas a utilizar a perspectiva científica em suas pinturas. No interior do convento é possível visitar a sala  Última Ceia, que deve o seu nome à monumental   Última Ceia realizada por Alessandro Allori, em  1582, inspirada  na obra de Andrea Del Sarto.

 

 

Cappella-Brancacci

A carreira de Masaccio foi breve mas marcante. Ele pintou muitos dos afrescos da Capela Brancacci

 

Os afrescos começaram a ser pintados por Masolino da Panicale,  na época com 40 anos,  que contava com a ajuda do jovem Masaccio, 22 anos. Em 1425 Masolino seguiu para a Hungria e Masaccio assumiu as obras, até quando o próprio Masaccio precisou abandonar os trabalhos quando foi pra Roma, onde morreu envenenado em 1428, aos 27 anos. Nos anos seguintes os Brancacci foram exilados  (em 1436) devido à postura anti-Medici, poderosa família de mecenas e políticos da cidade.   Apenas no ano de 1481 Filippino Lippi deu prosseguimento para completar a decoração da capela. A restauração e conclusão das histórias e personagens foi obra de Filippino Lippi,  que trabalhou  no local entre 1481 e 1482. O ciclo de afrescos na Capela Brancacci narra nas paredes longas algumas Histórias de San Pietro, precedidas, nas portas de ingresso, do pecado original e a expulsão dos progenitores.

 

masaccio

Obra de Masaccio e Masolino Ressureição do filho de Teofilo e São Pedro no trono. Apenas no ano de 1481 Filippino Lippi deu prosseguimento para completar a decoração da capela.

Masaccio, nascido em San Giovanni Valdarno (província de Arezzo), foi o primeiro grande pintor italiano depois de Giotto e o primeiro mestre do Renascimento italiano. Evitando excessos decorativos e o estilo dominante, o gótico internacional, as obras de Masaccio na capela foram um grande marco para o Renascimento, devido à luz e à perspectiva.

 

Cappella-Brancacci

Cappella-Brancacci

Em 1771 um incêndio devastou a igreja mas as capelas laterais não foram atingidas. Uma importante restauração entre os anos 1981 e 1989 recuperaram muitas obras

 

A Cappella Brancacci fica a 5 minutos do apartamento do blog, o Flat San Frediano, um espaço aconchegante, moderno e  confortável para a sua estadia na cidade.

Cappella Brancacci

Piazza del Carmine, 14

Valor do ingresso:  6 euros

Horario de abertura: quarta, sábado e segunda: 10 às 17h (domingos e feriado 13 às 17 h)

Fechamento: terça-feira

Para adquirir bilhetes: 
Clicando aqui você pode comprar o seu bilhtete evitando  filas. Inclui  video-guia.

Posts que podem interessar:

10 bate e voltas saindo de Firenze

7  maravilhas da Toscana que são Patrimonio Unesco

Onde comer panino em Firenze

Roteiro de 7 dias na Toscana

20 atrações gratis em Firenze 

Gastronomia no Mercado de Firenze

Bate-volta de Firenze a Roma

 

 

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'Cappella Brancacci de Firenze' have 19 comments

  1. 16 de maio de 2018 @ 16:42 Grazie a te / Excelente opção para aperitivo com vista para Firenze

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  2. 22 de maio de 2018 @ 05:13 Grazie a te / O Museu Uffizi, atração imperdível em Firenze, é o museu mais visitado da cidade

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  3. 8 de junho de 2018 @ 22:44 Grazie a te / Quem nunca passou dificuldades e apertos durante a viagem?

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  4. 9 de agosto de 2018 @ 11:13 Grazie a te / Santarcangelo di Romagna - Grazie a te

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  5. 15 de agosto de 2018 @ 17:13 Grazie a te / Enoteca Vinandro, na praça Mino, coração de Fiesole

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  6. 6 de setembro de 2018 @ 22:09 Grazie a te / Comer pelas calçadas de Firenze pode gerar multas de até 500 euros

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  7. 7 de setembro de 2018 @ 11:29 Grazie a te / A feira Le Cascine acontece todas as terças-feiras, durante todo ano

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  8. 11 de setembro de 2018 @ 21:29 Grazie a te / Os melhores endereços de Firenze para comer panino

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  9. 25 de setembro de 2018 @ 18:26 Grazie a te / Onde comer em Florença - Dicas de restaurantes e bistrôs descontraídos no centro

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  10. 11 de outubro de 2018 @ 11:07 Grazie a te / O que fazer em Firenze num dia de chuva?

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  11. 20 de novembro de 2018 @ 23:16 Grazie a te / O artista Michelangelo, suas obras, segredos e curiosidades

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  12. 7 de janeiro de 2019 @ 22:52 Grazie a te / Dicas super práticas e importantes para facilitar a sua viagem à Firenze

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  13. 6 de fevereiro de 2019 @ 22:25 Grazie a te / Um passeio por Siena, linda cidade medieval da Toscana

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  14. 1 de março de 2019 @ 13:55 Grazie a te / Palazzo Medici Riccardi, riqueza do patrimônio arquitetônico, histórico e artístico de Firenze

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  15. 11 de março de 2019 @ 15:02 Grazie a te / A adorável Cortona, a cidade de "Sob o sol da Toscana"

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  16. 14 de março de 2019 @ 14:59 Grazie a te / O museu Uffizi e o Corredor Vasariano e seu rico acervo renascentista

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  17. 5 de abril de 2019 @ 10:08 Grazie a te / A Basílica de Santa Maria Novella, uma das mais lindas de Firenze

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  18. 9 de abril de 2019 @ 10:10 Grazie a te / A primavera em Florença, como é a cidade na estação das flores

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply

  19. 2 de maio de 2019 @ 23:03 Grazie a te / Na Toscana, a cidade de Vinci, do gênio Leonardo

    […] Cappella Brancacci e as obras de Masaccio […]

    Reply


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.