O que visitar em Lucca

Lucca pode ser uma grata surpresa de viagem! Que a cidade é famosa por seus monumentos históricos, muros e arte, todo mundo sabe. Mas o que quase ninguém imagina é que você pode se apaixonar por essa gracinha de cidade e por sua agradável atmosfera!  Pra ser muito sincera, nunca dei muita atenção à Lucca até que resolvi passar um final de semana na cidade. Já tinha visitado a cidade apenas passando algumas horas e sem dedicar a merecida atenção.

Lucca é uma importante e renomeada cidade histórica da Toscana. Visitar a cidade significa fazer uma viagem de volta no tempo e voltar à Idade Média

Com cerca de 88 mil habitantes, Lucca é uma  graça de cidade medieval muito bem preservada e toda murada: são mais de 4 Km de muros de pedra que foram erguidos no século 16. Lucca é a cidade das 100 igrejas, cidade onde nasceu o compositor de óperas  Giacomo Puccini. Dentre as atrações da cidade estão a  Torre Guinigui e a Torre delle Ore, a Praça do Anfiteatro, a Catedral de são Martinho e a Igreja de São Miguel in Foro.

Lucca-Toscana

No século 14 Lucca era uma das mais ricas e prósperas cidades da Idade Média italiana, graças principalmente  à produção de tecidos. A cidade desenvolveu-se também porque era rota de peregrinação, pois  a Via Francigena, que ia Europa Ocidental e conduzia até a Roma, passava por Lucca

Rodeada pelos Alpes Apuanos e Garfagnana, Lucca, que desenvolveu-se às margens do rio Serchio,  é  famosa pelo cinturão de muros renascentistas que circundam o centro histórico e guardam  maravilhas como igrejas, torres, claustros e edifícios de pedra que permaneceram praticamente inalterados ao longo dos séculos. As muralhas da cidade foram edificadas entre os séculos 16 e 17 .

 

lucca

Lucca é um perfeito exemplo de cidade murada da época renascentista, que está praticamente intacta até os dias de hoje. A cidade  já chegou a ter 130 torres e atualmente existem 2

Principais atrações de Lucca

Lucca é uma excelente meta toscana, com deliciosa gastronomia e  mil belezas arquitetônicas para admirar. Enumerei aqui suas principais atrações:

Piazza dell’Anfiteatro – é o coração da cidade e um dos locais preferidos dos turistas.  Foi edificada sobre um antigo anfiteatro romano, no século 2. Conserva ainda sua forma  elíptica, O acesso à praça dá-se através de 4 portas mas apenas 1 delas está posicionada no local de uma original.

Lucca

A Piazza dell’Anfiteatro abriga restaurantes, bares e lojinhas

 

piazza-anfiteatro

A praça tinha capacidade  para 10 mil expectadores e por 400 anos  foram realizados no local combates com gladiadores. A estrutura atual da praça foi realizada pelo arquiteto Lorenzo Nottolini no ano de 1830, que alterou  algumas construções par recuperar a área que estava em degrado, respirando sua forma oval

Catedral de San Martino –  Fundada por San Frediano no século 6, a Catedral de San Martino é um lindo edifício religioso em estilo gótico-românico. É o  principal local de culto católico da cidade. A assimetria de sua fachada é que a igreja foi erguida ao lado da torre pré-existente.  O ingresso para acesso à igreja é de 3 euros.
Duomo-San-Martino

A catedral  foi consagrada no ano de 1070.

Igreja de San Michele in Foro – Nas ruínas de um antigo fórum romano, fica outra maravilhosa praça, a de San Michele, com importantes construções ao seu redor, como o Palazzo Gigli, o Palazzo Del Podestà ou Pretorio e a Igreja de San Michele in Foro. A igreja, com sua imponente e majestosa fachada, foi comissionada pelo Papa Alexandre II no início do século 11. As restruturações que começaram em 1070 terminaram apenas no século 14, por este motivo presenciamos os estilos românico e gótico.

O campanário, a torre do sino, remonta ao século 12

 

A igreja de San Michele in Foro

 

San-Michele-in-Foro

A fachada da igreja tem 4 metros, com colunas diferentes umas das outras e ornadas com temas do zodíaco e com animais. Na parte central a grande estátua de São Miguel Arcanjo com duas estátuas de anjos

 

Via Fillungo – essa  é uma rua tipicamente medieval, conservada quase inalterada e que praticamente atravessa todo o centro histórico. É  constituída de bodegas, casas, restaurantes e lojas. Sem dúvidas você vai passar pelo local e vai poder admirar seus produtos típicos, cafés históricos e belas vitrines.

Lucca

A partir da Porta dei Borghi começamos nosso passeio pela rua Fillungo

 

Torre delle Ore – A Torre delle Ore é uma construção do século 13 e já pertenceu à diversas famílias nobres.  É a torre mais alta de Lucca, com 50 metros, e  207 degraus com escada de madeira original, ainda em excelentes condições.  A Torre delle Ore ganhou o primeiro relógio em 1390. O relógio atual foi fabricado em 1754, graças à colaboração dos relojoeiros de  Lucca, e seu mecanismo manual ainda é um dos exemplos de trabalho mais importantes do mundo.  A Torre delle Ore fica na movimentada via Fillungo e o bilhete para visitá-la custa 5 euros.
Lucca
Torre Guinigi –  Edificada na segunda metade do século 14, é a mais importante e uma das poucas que restaram na parte interna da cidade; a outra é a Torre delle Ore. Dentre as torres que pertenciam a famílias particulares em Lucca, a Torre Guinigi é a  única que não foi  destruída no século 16. A torre tem   45 metros de altura e um jardim arborizado no topo, uma característica peculiar que a caracteriza. Superados os 230 degraus, o visitante pode aproveitar da vista de toda a cidade e arredores. O  ingresso custa 4 euros. A torre fica nas esquinas das ruas Sant’Andrea e via delle Chiavi D’Oro.

A Torre Guinigi pertencia à familia Guinigi, ricos e influentes comerciantes e banqueiros

Casa Puccini – Lucca homenageia o seu ilustre cidadão, Giacomo Puccini, com um museu dedicado à essa grande personalidade da música classica italiana e mundial. Nascido numa família de músicos  no dia 22 de  dezembro  de 1858 ,  Giacomo começou a tocar órgão na igrejas da cidade como forma de contribuir com sua  família.  Estudou no Conservatório de Lucca  e  em 1880, depois de receber uma bolsa de estudos da rainha Margherita di Savoia,  transferiu-se  para Milão para estudar no Conservatório.  Em 1900 mudou-se para a Villa que construiu em Torre Del Lago, pertinho de Pisa.
puccini
Muralhas –  A  atual cerca murada, de mais de 4 metros, é resultado da última reconstrução, entre 1504 e 1645. E um dos programas mais legais na cidade é justamente fazer uma caminhada  por seus muros antigos, seja a pé, de bicicleta ou de risciò, uma espécie de triciclo muito comum na cidade. Você consegue alugá-los em diversos pontos da cidade.

Curiosidade: as portas da cidade eram fechadas à noite e as chaves das 3 portas existentes na época ficavam em possesso do chefe do governo, o Golfaloniere

 

lucca-muralhas

As muralhas se estendem por quatro quilômetros e meio.O local não é apenas um destino fixo para turistas, mas também um dos lugares mais amados pelos cidadãos de Lucca.

Piazza Napoleone –  Essa grande praça com carrossel foi dedicada à Napoleão. Quando estivemos visitando Lucca estava acontecendo na praça um mercadinho e onde havia sido instalada uma pista de patinação.  A praça abriga  o Palazzo Ducale, sede do  poder da nobreza desde o século 14.   A praça e o palácio são resultado de intervenções por parte de Elisa Baciocchi,  irmã de Napoleão, que entre 1805 a 1815 liderou o Principado de Lucca.

Lucca

A Piazza Napoleone

 

Igreja de San Frediano – Em estilo românico, é um dos mais antigos locais de culto católico da cidade. Foi consagrada em 1147. San Frediano também é famosa pelo mosaico que representa a ascensão de Cristo ao céu e pela fonte batismal. Fica na piazza San Frediano.

Distâncias:

Firenze – 80 Km

Pisa – 18 Km

Pisa – 15 Km

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'O que visitar em Lucca' has no comments

Be the first to comment this post!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.