piazzale

20 Atrações grátis em Firenze

Firenze não é uma cidade barata e o momento delicado da economia brasileira altera os ânimos dos turistas de viagem marcada e preocupados com a diferença cambial. Mas nem tudo está perdido: é possível fazer programas super bacanas e interessantes por aqui sem gastar muito. Inclusive existem muitas atrações na cidade completamente grátis. Antes de enumerá-las é imprescindível frisar que Firenze é um museu a céu aberto. Difícil de acreditar, mas você pode, sim, conhecer inúmeros pontos turísticos na capital do Renascimento sem precisar botar a mão na carteira. Preparei um post com um roteiro bem interessante com 20 atrações grátis na cidade. Vamos lá:

palazzovecchio

1- Admirar obras a céu aberto – Caminhar pelas ruas do centro pode parecer um programa banal. Mas quando se fala em Firenze, caminhar significa mergulhar na história e poder apreciar toda sua riqueza artística e cultural que enfeitam suas ruas, esquinas e praças. São afrescos, esculturas, prédios renascentistas e construções de época bem diante de nossos olhos!
Firenze

O Duomo de Firenze, em estilo gótico-renascentista. Sua fachada é mármore branco, rosa e verde

2- Visitar o Duomo – Você não precisa pagar para conhecer a Catedral Santa Maria del Fiore, um dos símbolos de Firenze. A construção do Duomo iniciou-se em  1296  e foi concluída em 1887.  Sua cupula, um trabalho excepcional,  foi construída em 1436 por Filippo Bruneleschi, um dos mais famosos arquitetos e engenheiros do Renascimento.
firenze
3- Passear na Ponte Vecchio – Esta é uma das pontes mais lindas do mundo. Foi a única poupada dos bombardeios alemães durante a II Guerra Mundial. A ponte é repleta de joalherias.
florença
4- Passear na Piazza della Signoria : É o centro político da cidade desde o século 13 e uma das mais lindas atrações de Firenze. Na praça está o Palazzo Vecchio, que é a sede do governo de Firenze. A praça abriga a Loggia dei Lanzi,  uma galeria a céu aberto com várias estátuas famosas. É ali que está obra de Cellini:  Perseus segurando a cabeça da Medusa. Passeando pelo pátio do museu Uffizi, que fica ali à direita do Palazzo Vecchio, você vai poder admirar outras tantas esculturas.
5 – Flanar pelo Mercato del Porcellino  –  este  mercadinho fica na Loggia del Mercato Nuovo, conhecido como Porcellino, bem perto da piazza della Repubblica.  Nas bancas você vai encontrar principalmente artigos em couro, como bolsas, jaquetas, carteiras e cintos. Muitos dos vendedores são brasileiros. Diariamente, das 9 às 18h30
6-  Visitar o Mercado das Pulgas :O Mercato delle  Pulci acontece na piazza dei Ciompi, todos os dias das 9h às 19h30, sendo que no último domingo do mês as barracas se estendem até as ruas. Aqui você encontra móveis, antiguidades, roupas e acessórios vintage, objetos para a casa e peças de designers emergentes.
Ciompi

7 – Visitar o Mercado Central de San Lorenzo –  este é um enorme mercado com bancas de legumes, frutas, temperos, carne, pão e queijo, onde na parte superior funciona um moderno espaço enogastronômico com o melhor e mais tradicional da culinária toscana. Em minha opinião, um passeio imperdível! Já falei deste mercado neste post aqui.

San-Lorenzo-market
8- Visitar o Mercado Santo Ambrogio: Um mercado muito interessante, próximo à igreja de mesmo nome e bem próximo à  Sinagoga. O mercado é frequentado basicamente por moradores daquela região. Ali você pode degustar produtos como queijos e salames e delícias da culinária local . Funciona diariamente das 7 às 14 horas
9-  Mercado das Flores: Poder conferir diversas espécies de flores e plantas em pleno centro de Firenze é uma beleza! O mercado acontece todas as quintas na piazza della Repubblica, das 9 às 14 horas .
10- Visitar o Jardim dell’Orticultura – O Giardino dell’Orticultura fica a 5 minutos do  centro, nas proximidades da piazza Libertà. E aqui vai uma dica para os amantes das flores e da natureza que visitam a cidade em maio: a Mostra das Flores, para celebrar a primavera. O evento acontece uma vez por ano e dura uma semana coincidindo sempre com o dia primeiro de maio. Veja aqui mais detalhes.
DSC_0578

11- Feira de antiguidades– existem muitas feiras espalhadas pela cidade. A que acontece na Fortezza da Basso no quarto domingo do mês é uma das minhas preferidas. Saiba mais aqui.

firenze
12- Conferir o artesanato no Oltrano – Sugiro explorar as ruelas do bairro de Santo Spirito,  região que reúne muitos artistas e artesãos.  Passe também na pracinha de Santo Spirito para vivenciar a gostosa atmosfera do lugar. São bem legais os restaurantes e barzinhos das redondezas.
13- Visitar o Piazzale Michelangelo – É aqui que fica outra reprodução do David de Michelangelo e de onde você vai ter uma vista deslumbrante da cidade. E se deixar a sua visita para o final do dia vai poder contemplar um pôr-do-sol espetacular ali do alto!
piazzale-michelangelo
14 – Passear pelos jardins Delle Rose – O Jardim das Rosas é um jardim panorâmico que fica bem perto do Piazzale Michelangelo. O jardim abriga uma enorme coleção de rosas, um jardim em estilo japonês e diversas esculturas.  O melhor período para visitar é de 1º de maio a meados de junho, na floração das rosas.
duomo-firenze
15 – Conhecer a Porta San Niccolo – Faz parte das antigas muralhas de Firenze e se encontra na piazza Poggi, no Oltrarno, onde uma escadaria te levará até o Piazzale Michelangelo. É uma área da cidade com bons restaurantes e barzinhos e muitos ateliês de artesãos.
16- Passear no parque delle Cascine – onde os florentinos praticam esportes e levam as crianças para brincar ao aberto. Durante todo o ano existem diversas manifestações esportivas e culturais no local. Às terças acontece o mercadinho de roupas onde é possível adquirir peças a precinhos módicos
17- Passear na Praça Santa Maria Novella – A praça sedia a igreja homônima, a primeira basilica dominicana da cidade. Infelizmente é preciso pagar para entrar na igreja e ja que o objetivo é apenas passear sem  desembolsar nada, contente-se em admirar a sua fachada e os antigos prédios que a circurdam a pracinha. Esticando um pouquinho pela via della Scala você vai chegar até a farmácia, que é a mais antiga da Europa. Falei sobre a Officina do Profumo neste post aqui.
Santa-Maria-Novella
18- Passear na Piazza Santa Croce – é na praça que fica a catedral homônima onde foram sepultados Michelangelo, Galileu e Maquiavel. A Piazza Santa Croce é uma das praças principais do centro histórico de Florence mas não sofre grande assédio de turistas – se comparada à piazza Duomo e Signoria – por ser em uma área um pouco mais afastada do miolinho. Ela é repleta de lojinhas de souvernirs, restaurantes, vendedores ambulantes,  cafés e artistas de rua.
Santa-Croce

19- Conferir streetart– A streetart em Firenze revela-se em todos os cantos da cidade. Os visitantes ficam fascinados por poderem conferir artistas que fazem os desenhos nas calçadas, pintores emergentes que  colorem os muros e os que se aventuram a retratar em telas a arquitetura e cenas da cidade. Para saber mais sobre a arte de rua na cidade clique aqui.

gratis-Firenze

 

20 -Dependendo da época que vier, você poderá visitar museus gratuitamente– os museus cívicos de Firenze oferecem entrada gratuita . São eles Museu Di Palazzo Vecchio, museu Novecento, museu Stefano Bardini, Fondazione Salvatore Romano e museu de Santa Maria Novella. E os museus estatais são grátis todo primeiro domingo do mês ” Domenica al Museo”, como Uffizi, Accademia, Bargello, Cappelle Medicee, Palazzo Pitti, Galeria D’arte Moderna. O próprio site dos museus estatais aconselha telefonar para saber horários, que podem variar de acordo com a época do ano. Aqui no site você tem a lista completa e os telefones.
Florence for free- existem 2 tours que saem da estação Santa Maria Novella  às 11 e as 14horas , em inglês. Duração : cerca de 2 horas o renassance. Tour grátis pela cidade. Clique aqui para mais informações.

Este post faz parte da blogagem coletiva da RBBV (Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem).  Confira nest post aqui dicas de programas grátis não apenas em outras cidades italianas mas também no exterior.

Procurando hotel em Firenze? Então clique aqui e veja excelentes opções que selecionei pra vocês.



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'20 Atrações grátis em Firenze' have 5 comments

  1. 9 de novembro de 2015 @ 11:21 Dicas de Programas Grátis pelo Mundo Afora | RBBV – Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem

    […] (Firenze) – 20 atrações grátis em Firenze – Blog: Grazie a […]

    Reply

  2. 13 de novembro de 2015 @ 11:37 Viagem barata: atrações gratuitas na Europa - O que vi do mundo

    […] Grazie a te – 20 atrações grátis em Florença […]

    Reply

  3. 28 de fevereiro de 2016 @ 22:16 Grazie a te / Quanto se gasta por dia para visitar Firenze?

    […] história, cultura, arte e belezas por todos os lados. É um museu a céu aberto! Já enumerei neste post 20 atrações grátis aqui na cidade.  Mas vamos ser sinceros: caso você venha passar mais […]

    Reply

  4. 10 de dezembro de 2016 @ 11:43 Grazie a te / A tranquilidade do burgo de Pitigliano, na Maremma toscana

    […] Firenze– 132 Km […]

    Reply

  5. 13 de junho de 2017 @ 16:59 Grazie a te / A feira de moda masculina Pitti Uomo movimenta Firenze nesta primavera

    […] 20 atraçoes gratis em Firenze […]

    Reply


Would you like to share your thoughts?

Your email address will not be published.