O Palazzo Pitti e o Jardim de Boboli

O imponente Palazzo Pitti,  o maior palácio de Florença, é a antiga residência dos grão-duques da Toscana e atualmente  abriga um  importante complexo de museus, como a Galeria Palatina, os Apartamentos Reias, o Museu da Prata, o Museu do Traje, a Galeria de Arte Moderna e o magnífico Jardim de Boboli. É um palácio renascentista construído pela família Pitti em 1457, com base no projeto do arquiteto Filippo Brunelleschi.

O Palazzo Pitti fica na Oltrarno

O Palazzo Pitti foi originalmente construído em meados do século 15 para ser a residência do banqueiro Luca Pitti e passou a ser a maior residência privada de Firenze. Sobre o projeto, existem algumas dúvidas.  Muitos registros atribuem a obra ao arquiteto Luca Fancelli, colaborador de Brunelleschi. A família Pitti competia com os Medici e  queria um palácio maior que o da poderosa família, que habitava no Palazzo della Signoria, e que passa então a ser chamado de Palácio Vecchio. Em 1549, o palácio foi vendido aos Medici, tornando-se a residência da família grão-ducal.

 

O Palazzo Pitti era o símbolo do poder consolidado dos Medici sobre a Toscana

Palazzo-Pitti

A fachada do prédio  é coberta por pedra forte,  típica da cidade. A construção original incluía apenas a parte central do edifício atual, com as 7 janelas centrais no primeiro andar.

 

Com a ruína econômica da família Pitti, o palácio foi comprado por Eleonora de Toledo, esposa de Cosimo I de’ Medici em 1549.  Com saúde debilitada devido à tuberculose, Eleonora, que teve 11 filhos, considerou a área do palácio, aos pés de Boboli no Oltrarno, mais saudável tanto para ela quanto para os filhos, com a possibilidade de ter um grande espaço ao ar livre numa residência maior. O palácio passou por ampliações e modificações,  sendo que a mais importante foi realizada por Bartolomeo Ammannati no século 16, que construiu  o suntuoso pátio interno e  realizou também alterações no Giardino di Boboli. Com a extinção dos Medici, o ducado e o palácio passou para a dinastia dos Asburgo- Lorena, sucessores dos Medici a partir de 1737.

palazzo-pitti

O palácio passou por algumas ampliações com os sucessores da família  Medici, que foi extinta em 1737

 

pitti

 

sala-di-marte

No século 19 foi usado como base militar por Napoleão e  o palácio passou a ser residência de sua irmã Elisa.  Entre 1865 e 1871, época em que Firenze foi capital da Italia, o  palácio foi residência oficial dos reis. No início do século 20 foi doado ao povo italiano por Vittorio Emanuele III.

 

Museus 

O  Palácio Pitti, que é o maior de Firenze,  abriga museus públicos com  importantes coleções de esculturas, pinturas, objetos de arte, figurinos e porcelanas, em um complexo monumental. A Galleria Palatina, com uma grande coleção de pinturas dos séculos 16 e 17, ocupa toda a ala esquerda do primeiro andar do palácio e impressiona pela beleza de suas obras e disposição. É uma coleção extraordinária, que inclui a maior concentração de obras de Rafael no mundo, além de pinturas de Tiziano,  Pontormo, Filippo Lippi, Tintoretto, Caravaggio e Rubens.

pitti

Galleria Palatina- As pinturas decoram as paredes com ambientes enriquecidos de esculturas, vasos e mesas de pedras semipreciosas, segundo o modelo típico das galerias do século 17

 

 

 

palazzo-pitti

Decoração – os salões são repletos de quadros e afrescos da Galleria Palatina

No espaço que abriga os Apartamentos Reais estão os  móveis de época do século 19. São 14 salas usadas pelo segundo Rei da Itália Umberto I e sua esposa Margherita di Savoia, que residiram no palácio entre 1865 e 1871.

 

 

No térreo e no mezanino fica o Museo degli Argenti, que contém uma grande coleção de objetos preciosos que pertenciam à família Medici.

A Galleria de Arte Moderna, que fica no último andar,  expõe uma bela coleção de pinturas e esculturas do neoclassicismo até a  década de 30. Reúne os maiores intérpretes da arte italiana no suntuoso ambiente que ja foi residência da família Lorena.

galleria-palatina

Na Galleria d’Arte Moderna – Obras do Neoclassicismo e Romantismo

Sala Bianca –  O Salão dos Forestieri da época dos Médici foi transformado, por vontade do Grão-Duque Pietro Leopoldo, em um suntuoso salão de baile.   Este magnifico salão de Dança,  no período do pós-guerra, acabou se tornando um importante local para a moda internacional. Foi no elegante salão que aconteceu o primeiro desfile de moda, organizado por Giovanni Battista Giorgini, no ano de 1951. Os eventos da Sala Bianca contribuíram para a internacionalidade da moda, divulgando o nome ‘Pitti’ em todo o mundo. Aliás, o maior evento de moda masculina do mundo acontece em Firenze, na Fortezza da Basso: Pitti Uomo.

 

A Sala Branca ou Salone dei Forestieri

 

Todas as obras que podemos conferir no local é  graças ao legado de Ana Maria Luisa de Médici, a última herdeira da sua dinastia e que evitou que a coleção fosse saqueada, o que geralmente te acontecia às coleções privadas. O museu foi aberto ao público em 1833.

 

 

 

Num prédio separado, conhecido como Casino del Cavaliere, nos Jardins Boboli, fica o Museu da Porcelana, enquanto a Palazzina della Meridiana abriga o Museo della Moda e del Costume, fundado em 1983, que apresenta roupas, jóias e artefatos da moda contando a história do vestuário dos últimos 400 anos.

 

Este é o primeiro museu estadual da história da moda na Itália e um dos mais importantes do mundo, com  coleção que inclui mais de 6000 peças, e com modelos raros  do século 16  usados pelo Grão-Duque Cosimo I de ‘Medici e sua esposa Eleonora.

boboli

Lindo esse ângulo dos jardins onde vemos Firenze e a cúpula do Duomo

Jardins de Boboli – essa é certamente a maior área verde monumental de Florença, abrangendo uma área  de mais de  45 mil m2 . O jardim à italiana, com plantas e estátuas, foi um  projeto realizado por Tribolo e Giulio e Alfonso Parigi entre 1550 e 1620.  É o verdadeiro pulmão verde no centro histórico da cidade repleto de esculturas e fontes.

 

Do Palazzo Pitti: vista para o anfiteatro e a Fontana del Carciofo

As primeiras obras da história foram celebradas no anfiteatro localizado nos Jardins Boboli.  Este anfiteatro foi construído aproveitando a cavidade formada pela extração da pedra usada para erguer o edifício.

Boboli

Os Jardins de Boboli – Os Medici criaram um modelo de jardim italiano que se tornou um exemplo para muitas cortes européias

O jardim é o resultado da unificação de vários jardins montados em diferentes níveis.  projeto de Niccolò Pericoli, conhecido como Tribolo,  no século XVI, depois as obras foram realizadas e concluídas por Giorgio Vasari e Bartolomeo Ammannati.

A história do jardim tem mais de 4 séculos. O projeto de ampliação deu-se quando Cosimo I encomendou o projeto à Tribolo, em 1549.

 

boboli

A área é repleta de estátuas romanas e renascentistas antigas. Os Medici criam um modelo de um jardim à italiana que se tornou exemplar para muitas cortes da Europa

 

 

Ao longo dos séculos, foram realizadas obras de expansão para tornar o jardim ainda mais grandioso com a criação de avenidas, labirintos e fontes com sistemas esculturais.

A família Medici tinha  uma verdadeira paixão por frutas cítricas, tanto que cultivavam espécies diferentes e exóticas  e acabaram difundindo esse costume  por toda a Toscana. A limonaia ou Stanzone degli agrumi é um dos edifícios mais característicos dos Jardins de Boboli, e ainda é usado para abrigar  diversas espécies de limoeiros,  descendentes das coleções Medici.

limonaia

A Limonaia foi construída a pedido do Grão-Duque Pietro Leopoldo de Lorena entre 1777 e 1778 e foi projetada por Zanobi del Rosso . Era o local onde eram guardados os limoeiros nos meses de inverno

Depois dos Medici, as dinastias subsequentes Lorena e Savóia enriqueceram ainda mais a estrutura, expandindo os limites que alinham as antigas muralhas da cidade até a Porta Romana.

 

 

Na área do jardim encontramos a Grotta Grande, também chamada de Gruta Buontalenti, que é do século 16  e que representa a parte terminal do famoso Corredor Vasariano , solicitado por Cosimo I Medici com a intenção de conectar o Palazzo Vecchio, sede administrativa, com o Palazzo Pitti, residência dos Medici.

 

A Gruta Buontalenti, desenhado por Bernardo Buontalenti a pedido do Grão-Duque Francesco, é um dos cenários mais espetaculares e sugestivos dos Jardins Boboli. (Foi realizada entre 1583 e 1593

Corredor Vasariano d

palazzo-pitti

 

Palazzo Pitti

Aberto de terça à domingo, 9:15 às 18:50

Valor do bilhete: 10 euros (Palazzo Pitti: Galleria Palatina, Galleria d’Arte Moderna, Tesoro dei Granduchi, Museo della Moda e del Costume, Appartamenti Imperiali e Reali)

Jardim de Boboli : aberto diariamente a partir das 8:15  com horário de fechamento que varia de acordo com a época do ano

  • Os horários sofreram alterações devido à emergência Coronavírus

Posts que podem interessar:

Pagar pra sentar

20 atrações grátis em Firenze

A arte dos vitrais italianos

Dicas de Firenze

A Igreja de Santa Croce

A Basílica de Santa Maria Novella

Passeio a bordo do 500

7 rooftops de Firenze

Festas medievais na Toscana 

Casamento na Itália

Enoturismo, para os apreciadores de vinho

10 burgos medievais da Toscana

A Síndrome de Stendhal

Portas italianas

7 rooftops de Firenze

Agroturismo, uma forma simples e autêntica de hospedagem

O Museu degli Innocenti de Florença

 



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'O Palazzo Pitti e o Jardim de Boboli' have 4 comments

  1. 30 de maio de 2020 @ 20:19 Grazie a te / A Igreja de Santa Croce, uma das mais lindas de Firenze

    […] O Palazzo Pitti e o Jardim de Boboli  […]

    Reply

  2. 17 de julho de 2020 @ 10:11 Grazie a te / Sensibilidade e criatividade de Virgola que usa objetos em seus desenhos

    […] O Palazzo Pitti e o Jardim de Boboli  […]

    Reply

  3. 27 de julho de 2020 @ 22:52 Grazie a te / 7 maravilhas da Toscana que são Patrimônio Unesco

    […] O Palazzo Pitti e o Jardim de Boboli  […]

    Reply

  4. 27 de julho de 2020 @ 22:55 Grazie a te / Capanna Montalcino e Suites: vinho, relax e belezas no Val d'Orcia

    […] O Palazzo Pitti e o Jardim de Boboli  […]

    Reply


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.