A Catedral Santa Maria del Fiore, o Duomo de Firenze

A Catedral Santa Maria del Fiore, o Duomo de Firenze, é um dos maiores símbolos da cidade. Como no centro histórico não existem prédios muito altos, sua cúpula pode ser avistada de diversos pontos da cidade. E a obra é tão impressionante que tem gente que até se emociona quando em passeio pelo centro se depara com essa majestosa igreja. É realmente uma obra arquitetônica magnífica! Foi erguida a partir de 1296 sobre a igreja de Santa Reparata,  a antiga catedral de Florença.

duomo-firenze

O Duomo da cidade, que tem capacidade para acomodar até 30 mil pessoas, é uma das obras-primas da arquiteta gótica e uma das principais atrações de quem visita a Toscana

 

piazza-del-duomo

Piazza San Giovanni – O complexo da catedral, inclui o Batistério de São João o Campanário de Giotto. As três construções são parte do Património Mundial da Unesco

 

A Basílica, uma das obras-primas do gótico italiano, é a 5ª maior igreja do mundo, depois de São Pedro em Roma, São Paulo de Londres, da Catedral de Sevilha e do Duomo de Milão.

 

florença

Em muitos séculos de construção até a sua conclusão, a igreja sofreu muitas intervenções seja na parte interna que externa. O projeto da igreja é de Arnolfo di Cambio, que trabalhou na construção da igreja até 1302, ano de sua morte.

 

História da construção 

No século 13, durante a República fiorentina,  Ser Mino de Cantoribus buscava substituir Santa Reparata por uma catedral mais imponente. O projeto foi confiado à  Arnolfo di Cambio no ano de 1294  e a pedra fundamental foi lançada 2 anos depois, em 1296, sobre as antigas fundações de Santa Reparata.  Da antiga igreja, somente  pedras na pavimentação da praça San Giovanni e a cripta, que pode ser visitada com ingresso através da catedral, testemunham passado de Santa Reparata.

As obras foram interrompidas e  só depois de 30 anos foram retomadas, sob supervisão de Giotto di Bondone. Sua maior contribuição foi a realização do magnifico campanário,  projeto que iniciou em 1334. Mas Giotto veio a falecer 3 anos depois e seu sucessor foi Andrea Pisano, que administrou as obras entre 1337 e 1348.

Devido à peste negra, que dizimou quase 2/3 da população da cidade, não foi  possível prosseguir com as obras, tendo sido retomadas por  Francesco Talenti em 1349. Ele  foi o responsável  pela conclusão da obra do campanário, em   1359. Giovanni di Lapo Ghini deu continuidade aos trabalhos na igreja.

 

santa-maria-novella

Santa Reparata é co-padroeira de Florença junto com San Giovanni Battista.

Santa Reparata – Santa Reparata era uma criança de família nobre nascida na Palestina. A história conta que, depois de ter sido torturada e condenada à morte devido à sua recusa em honrar deuses pagãos, sua alma voou para o céu em forma de uma pomba. Em outra versão, conta-se que o seu corpo teria sido colocado em um barco e, liderado por anjos, teria atingido as costas da Campânia ou da Provença. E de fato nesses locais o culto de Santa Reparata está muito presente. O vínculo com Florença  foi estabelecido em 8 de outubro de 406 aC. Segundo a  tradição, foi graças à sua intercessão milagrosa que e o exército dos florentinos conseguiu derrotar os ostrogodos, que haviam cercado a cidade nessa época. Por esse motivo, a principal basílica foi dedicada ao culto à santa e posteriormente transformada na Catedral de Santa Maria del Fiore.

 

duomo-florenca

O Campanário, que é a torre campanária da catedral, tem quase 85 metros e possui um conjunto de 7 sinos e foi construído entre 1298 e 1359

duomo-firenze

A Catedral é a mais importante obra arquitetônica edificada na Europa da época Romana. A construção da igreja perdurou por seis séculos e passou por várias intervenções estruturais. Ao fim das obras da cúpula, em 1436, a catedral foi consagrada

Interior da igreja: A planta apresenta 3 naves divididas em grandes arcos que são suportados por colunas monumentais.  Tem 153 metros de comprimento por 38 de largura.  O ponto mais  alto é de quase  90 m de altura,  até o cume da cúpula. Muitos obras encontram-se expostas no Museu dell’Opera del Duomo.

O altar do Duomo

duomo

O crucifixo é obra de Benedetto da Maiano e as portas da sacristão são de Luca della Robbia.

 

 

santa-maria-del-fiore

duomo

Cripta: A cripta pode ser visitada e o acesso é por  dentro da Catedral. O visitante pode conhecer os restos arquitetônicos dos vários períodos, além das lápides e do  piso que preserva um mosaico feito com decorações geométricas.  Nos subterrâneos da igreja fica  o túmulo do arquiteto Filippo Brunelleschi, o criador da cúpula do Duomo.

 

 

Fachada : A fachada original foi desehada por Arnolfo di Cambio e começou a ser realizada em meados do século 15, com a colaboração de vários artistas.  Permaneceu por muitos séculos sem revestimento. Em 1864 o arquiteto Emilio de Fabris venceu um concurso e apresentou um projeto em estilo neo-gótico para a fachada com mosaicos coloridos. A fachada ficou pronta em 1887 e foi dedicada à Virgem Maria. As portas de bronze foram terminadas em 1903.

duomo-firenze

Os revestimentos em mármore foram feitos entre 1414 e 1421

 

duomo

 

campanario-firenze

Ao lado da igreja o Campanário de Giotto, considerado o mais bonito da Itália! Ele tem quase 85 metros de altura e 15 de largura

 

Detalhes da porta do Duomo

A cúpula: A cúpula é uma das mais lindas obras de Filippo Brunelleschi.  Os trabalhos foram concluídos em 1436 e  foi a primeira cúpula de grandes dimensões erguida no país desde a Antiguidade sobre uma enorme base octogonal. Se tiver fôlego para subir os 463 degraus você poderá visitar a cúpula e apreciar a cidade do alto.

Duomo-florence

A maior e mais bela igreja jamais construída. Era o desafio de Arnolfo di Cambio, arquiteto da Catedral

 

Afrescos e vitrais  – no interior da cúpula a obra o Juízo Final, pintado por Giorgio Vasari e Federico Zuccari, entre os anos de 1572 e 1579.

 

cupula-duomo

O afresco da cúpula do Duomo é composto por mais de 700 figuras desenhadas

cupola-duomo

interpor-duomo

O tambor da cúpula possui 43 metros. Os vitrais são os maiores em seu gênero na Itália entre os séculos 14 e 15 e trazem imagens de santos do Velho e do Novo Testamento.

duomo-firenze

A entrada à igreja é gratis e geralmente forma-se uma grande fila na lateral, principalmente entre os meses de abril e outubro. Mas não desanime e tenha paciência pois a espera não é muito longa

 

O Campanário de Giotto e o Batistério de San Giovanni e cúpula do Duomo podem ser visitados no mesmo dia e são atrações a pagamento. A visita inclui também a cripta, que abriga restos arqueológicos das primeiras fundações.

 

Adquira os seus bilhetes sem impressão e sem fila. É pratico e simples, clique aqui.

 

Catedral Santa Maria del Fiore

Horários: 10  – 16:60/ 17 h (13:30 – 16:45 aos domingos)

  • podem sofrer alterações de acordo com os eventos

 

Para conferir os horários da missa clique aqui.

 

Posts que podem interessar:

O terraço do Duomo de Firenze

O que visitar em 2 dias em Firenze

7 rooftops de Firenze

Pitigliano, na Maremma Toscana

San Galgano

Pratos típicos da Toscana

Como é feito o azeite de oliva

Top 5 de Florença

Arte de rua em Firenze

O parque das tulipas

Os cafés de Firenze

O artista Michelangelo



About

A minha paixão pela comunicação e pelo turismo é herança dos meus pais. Adoro viajar para observar e vivenciar as diversidades culturais. Depois que me formei em Jornalismo, passei longa temporada em Londres, um curto período nos Estados Unidos e atualmente vivo em Florença, com meu marido e nossos dois filhos. Desde 2005 sou retail na Ermenegildo Zegna. Busco sempre ver o lado positivo em todas as coisas e prefiro ter por perto aqueles que, como eu, dão mais valor às pessoas do que às coisas materiais.


'A Catedral Santa Maria del Fiore, o Duomo de Firenze' have 6 comments

  1. 22 de maio de 2018 @ 20:30 Viajento

    Não é a toa que é tão famosa… quero muito conhecer!

    Reply

    • 23 de maio de 2018 @ 02:48 Denya Pandolfi

      Oi Viajento, é de uma beleza que impressiona! E guarda muita história. Espero que venhas em breve à Firenze! abs, Denya

      Reply

  2. 11 de outubro de 2018 @ 11:08 Grazie a te / O que fazer em Firenze num dia de chuva?

    […] afrescos do período gótico e do início do Renascimento. Fica na piazza de Santa Maria Novella Santa Maria del Fiore, o Duomo da cidade – é um dos maiores símbolos de Firenze. Sua construção perdurou por […]

    Reply

  3. 16 de abril de 2019 @ 09:24 Grazie a te / A região do Mugello, a apenas 30 Km ao norte de Firenze

    […] seus últimos anos atuando como arquiteto em Firenze. Em. 1320 chefiou a construção da Catedral Santa Maria de Fiore e o Campanário da cidade leva seu nome. Giotto morreu em 1337 em […]

    Reply

  4. 18 de julho de 2019 @ 16:38 Grazie a te / As joias do artista Alessandro Dari - Grazie a te

    […] A Catedral Santa Maria del Fiore  […]

    Reply

  5. 30 de setembro de 2019 @ 10:58 Grazie a te / A cúpula do Duomo de firenze, obra-prima de Brunelleschi

    […] estreita e com o pavimentação irregular. Mas a vista que ganhamos ao chegarmos no topo do Duomo  é de lavar a […]

    Reply


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.